segunda-feira, 16 de agosto de 2010

QUEM NÃO TEM CÃO…


Direto de Nova York >>> Na tarde de domingo, estive no Madison Square Garden para ver o primeiro amistoso da seleção americana. Do outro lado da quadra, uma França completamente capenga, que tinha em Boris Diaw seu principal jogador – e mesmo assim ele parecia mais gordo que o Ronaldo. Após um primeiro tempo morno, chato e cheio de erros, os americanos finalmente conseguiram se impor e atropelaram por 70-46. Foi a comprovação da teoria que provavelmente veremos no Mundial: quem não tem cão caça com gato.

>>> Coach K jogou o tempo inteiro com dois armadores

O garrafão americano, de fato, é triste. Tirando Tyson Chandler (que já não é grandes coisas), não sobra nada. Então o técnico Mike Krzyzewski cumpriu o que prometeu na entrevista aqui no Rebote: é um time totalmente orientado para o perímetro. Mais que isso: Coach K mantém dois armadores genuínos em quadra durante todo o tempo. Começou com Rajon Rondo e Chauncey Billups, depois trocou por Stephen Curry e Derrick Rose, mais tarde revezou com Russell Westbrook (que, aliás, deve ser o último corte).

Foi a grande atuação de Billups que desconcertou os franceses. O veterano deixou a condução da bola para Rondo e ficou mais solto para pontuar. Resumindo: meteu nove pontos no início do terceiro quarto, terminou com 17 e decidiu a parada. Nas alas, Kevin Durant foi mais útil nos rebotes (8) do que nos pontos (14).

O destaque maior na lateral foi o reserva Rudy Gay, cestinha da partida com 19. E isso prova outra coisa: apesar de não ter um elenco estelar, os Estados Unidos podem rodar à vontade no perímetro que o nível não cai tanto. O nível dos titulares não chega a ser A+. É um B. Mas a vantagem é que os reservas não deixam cair para um C-.

7 comentários:

Márcio-33 disse...

Parabéns pela cobertura do pré-mundial!

lisangelo disse...

Essa realmente eh a grande arma dos EUA, o banco. Se aqui no futebol nos temos jogadores para fazer umas tres selecoes titulares, eles podem fazer o mesmo no basquete.

Nairo disse...

O Lamar nao conta pra vc?

Anônimo disse...

vai transmitir Brasil X Argentina hj?

Anônimo disse...

Amigo, vc tem ntcias do Guilherme Vos
Acho q ganhamos em Cingapura!

joao disse...

acho uma grande apelacao dizer que o time americano e formado por jogadores B ate porque se eles sao B, o brasil ta longe de um F-

Duda 11 disse...

Vi o jogo e me decepcionei com a França, pq esperava mais do time, apesar dos sérios desfalques – Diaw realmente estava enorme! Quanto aos EUA, só resta isso ao Coach K, abusar da forte marcação e da velocidade, pois no jogo de meia-quadra não há opções decentes no garrafão!