quinta-feira, 29 de maio de 2008

TRÊS PONTOS + FALTA


1) Vejo no blog do Balassiano um link para o Marca, dizendo que Tiago Splitter deve aceitar a boa proposta de renovação do Tau Cerámica, o que o manteria na Espanha por mais um ano, adiando a estréia no San Antonio Spurs. Quer ler? Clique aqui.

2) Vejo no blog do Bert que a pivô Grazi, fora da seleção, sofreu mais um golpe: seu time, o Pécs, perdeu o título húngaro após ser derrotado por 83-70 pelo Sópron. A série terminou em 3-1.

3) Vejo no site da ESPN que a NBA divulgou um comunicado reconhecendo que Derek Fisher fez falta em Brent Barry no último lance do jogo 4 entre Lakers e Spurs. Já é alguma coisa.

FALTA - Vejo também que, a partir da próxima temporada, a liga vai multar jogadores que fazem o famoso flop, o teatro na cavada de faltas. É a famosa lei Manu-Varejão. Algo me diz que esse assunto ainda vai dar muito pano para manga. Não acha?

15 comentários:

Artur disse...

Essa historia de multa em uma liga milionaria eh inutil. Algo tem que ser feito durante o jogo e nao depois que esta tudo resolvido.

Assim como no futebol, onde simular uma falta pode render um cartao amarelo ao jogador-ator, na NBA essa atitude deveria uma falta tecnica.

Alem disso, eh necessario que se discuta o problema das faltas intencionais. Nao por causa do Hack-a-Shaq, mas porque elas tornam os jogos acirrados insuportaveis de assistir nos minutos finais e acho necessario a criacao de algum mecanismo para inibir esse recurso. O ideal seria que o time que sofresse esse tipo de falta cobrasse o lance livre e permanecesse com a posse de bola.

Quem sabe, assim, os jogos parariam menos e ficariam ainda mais emocionantes e disputados.

Abracos!

Pedro Trindade disse...

artur, acho que as faltas intensionais no fim do jogo não são tão chatas assim, o que é horrivel é que na NBA cada time pede 28 tempos no ultimo minuto de jogo e o ultimo quarto demora 3 horas e meia !!
mas aí ta ligado ao marketing e não ao jogo em si... cada intervalinho desses aparecem varias propagandas, é uma puta grana que rola...

mas voltando ao assunto, na minha opinião multar os "floppers" é injusto, acho que vc enganar o arbitro é um mérito seu ou despreparo do arbitro. Pior é o hack-a-shaq mesmo que é antijogo nitidamente!!

Fiel disse...

Hack a Shaq é o pior mesmo, concordo com vcs !!! E outra coisa, a NBA tinha que rever uma serie de faltas flagrantes, que pra mim, o conceito é mais coerente da FIBA, onde um jogador nao busca a bola, ou pelo menos finge, e bate de sacanagem, ou quase arranca o braço do cara. Isso tem que ser flagrante ...

Agora a NBA reconheceu a falta do Fisher ? Putz, na boa, se for fazer isso com tanta falta que acontece e o juiz nao apita, ia ter que fazer um site novo so pra isso ...

O Meu MAGICAO so se ferrou nesses POs com a juizada, especialmente contra o Pistons, isso sem falar naquela parada do cronometro.

E estamos perto da volta de LAKERS x CELTICS, e o Stern pula de alegria !

Marcel disse...

O San Antonio é um time que não pode reclamar nada da arbitragem, sempre é favorecido.

Anônimo disse...

Não entendo porque os brasileiros gostão tanto de jogar na segunda divisão do basquete mundial. O Tiago que teria a chance no sempre campeão SA Spurs, mas prefere jogar num "tal de ceramica". É tambem por decisões como estas que não surgem idolos no nosso basquete. Os jogadores preferem sumir do que jogar na NBA, como um certo Oscar que critica todo mundo, mas nunca saberemos se ele faria pelo menos metade do Leandrinho na NBA. Deixa de ser mercenario Tiago, pensa no bem que você vai fazer pelo nosso basquete (alem da grana da NBA que nao é ruim) ou então vai para o barem, lá não tem basquete, mas se paga bem.

Fiel disse...

Julgar é facil, alem da grana precisa ver as condições que o Tiago tem na europa e tera nos EUA. Ele nao desistiu da NBA, mas adiou um pouco, claro que nos que gostamos de NBA gostariamos de ve-lo na NBA (nao no spurs), mas é uma decisao dele.

Qto ao Oscar nem vale a pena comentar ...

Rodrigo Sodré disse...

Eu também concordo que o Splitter devia pensar mais pra frente, não só no dinheiro até porque é impossível por pior que seja o jogador não ficar rico na NBA. Acho que ele ia crescer muito mais jogando na NBA já no ano que vem. Mas ele é jovem ainda, o Scola que já é um veterano foi pra lá só agora e entrou bem. Mas o "anonimo" foi totalmente infeliz ao botar o Oscar no meio. No tempo dele quem fosse pra NBA não poderia jogar pela sua seleção e o Oscar preferiu optar pelo Brasil. Convite que não faltou pra ele ir, e teria fácil muito mais destaque na Liga que o Leandrinho.

Anônimo disse...

Quero ver eles reconhecerem que a bola do Fisher bateu no aro e que o Lakers teria mais 24s de posse de bola. Aí, nem falta no Barry haveria.

Anônimo disse...

Quero ver eles reconhecerem que a bola do Fisher bateu no aro e que o Lakers teria mais 24s de posse de bola. Aí, nem falta no Barry haveria.

Anônimo disse...

Quero ver eles reconhecerem que a bola do Fisher bateu no aro e que o Lakers teria mais 24s de posse de bola. Aí, nem falta no Barry haveria.

Anônimo disse...

Quanto a questão do Oscar na NBA se ele teria mais nome ou não que o Lendrinho eu acho que ele não teria mais nome que o Leandrinho não, mas jogaria muito mais que o Leandrinho. O Oscar foi de uma epoca que a NBA contava com Magic Johnson, Michael Jordan, Karl Malone, Charles Barkley, John Stockton, Scott Pipen e varios outros que eu podia passar um mes escrevendo. Hoje não há mais o números de jogadores dessa qualidade logico que existe mais não são tanto como naquela época, fora o preconceito que os estrangeiros sofriam naquela época. Por isso eu acho que o Oscar não teria tanto nome na liga como Leandrinho mas eu acho que o Oscar foi bem melhor do que o Leandrinho é. Se o Oscar jogasse hoje seria algo como o Dirk ou melhor que isso

Fabiano disse...

Difícil Julgar.
Se fosse EU iria pra NBA sem pensar.
Mas existem vários aspectos a serem analisados. como o dinheiro:
Na NBA, pela cláusula dos Rookies, e pela posição 28º que foi escolhido, o Tiago "Só" pode receber no máximo 771 mil dolares anuais, isso durante seus 3 primeiros Anos, com pequenos aumentos.
Já no TAU, ele agora como Free Agent quase que um "FRANCHISE PLAYER" pra sua equipe, além de ser Ídolo da cidade de vitória, pode negociar um contrato muito melhor e em Euros sei lá, 2 milhoes de euros por ano.
e outra na NBA ele seria mais 1, um bom reserva, jogando sempre em função do power trio Duncan, Ginobili e Parker.
Como disse no início é difícil julgar, eu não pensaria 2 vezes e iria, mas se ele quiser ficar mais 2 anos na Espanha acho que não será uma decisão tão estúpida.

edubar1976@hotmail.com disse...

O Tiago está pensando apenas no proprio bolso,quando pensa em ficar mais na espanha, mas talvez ele nao esteja errado afinal é a vida dele. Mas enquanto isso, o time titular da Argentina está todo lá, e todos com um certo destaque, enquanto que o nosso time está sem rumo. Pensava que o Tiago pudesse ser o inicio da mudança... um jogador com lugar cativo na NBA. E quanto a ele ser apenas mais um na NBA,... Talvez seja melhor ser um entre os gigantes, do que o maior dos anões.

Anônimo disse...

isso é coisa de retaardado ¬¬'

Anônimo disse...

isso é coisa de retaardado ¬¬'