sábado, 14 de junho de 2008

A VOZ DA EXPERIÊNCIA


Iziane / Foto: CBB

No momento em que uma das principais jogadoras do país dá um show de egoísmo, é bom ouvir a voz da experiência. Além da Hortência, que vem criticando a atitude em todos os seus comentários na TV, duas outras figuras históricas do basquete brasileiro se pronunciaram neste sábado.

Com uma interminável lista de contibuições à seleção, Maria Helena Cardoso concedeu uma entrevista ao SporTV no intervalo de Brasil x Angola. Ela estava no ginásio, sentada ao lado de Iziane, tentando convencer a jovem "estrela" a pedir perdão pelo que fez. A jogadora disse que "não sabe fazer isso", e Maria Helena rebateu, no tom educado de sempre: "Tem que aprender". Sabedoria pura.

A outra manifestação foi do bicampeão mundial Wlamir Marques, um dos nossos maiores jogadores em todos os tempos (senão
o maior). Em sua comunidade no Orkut, Wlamir escreveu um desabafo, já reproduzido por aqui nas caixinhas. Conversamos agora há pouco, e ele autorizou que eu republicasse o texto:

"Levo ao conhecimento de vocês que esse problema com a jogadora não é coisa de momento, isso já vem de algum tempo. Ela já se rebela contra esse tipo de coisa há muito tempo. É uma moça sem cultura esportiva e rigorosamente frágil nos conceitos básicos da vida.
É desrespeitosa, mal-educada, irônica, vingativa, enfim, isso
todos já sabem, mas se releva no meio do basquete.

Quando o Brasil participou com a sua seleção juvenil de um campeonato mundial no qual o técnico era o Bassul e ela, jogadora ainda em formação (acredito que essa formação não acabará nunca), ela já teve ali atritos com a sua equipe e com o referido técnico.

Olha que, naquela oportunidade, o Brasil foi vice-campeão mundial. Ao ser interpelada pelo técnico pela sua forma de jogar, absolutamente centrada em si, a atleta simplesmente, no jogo seguinte, não fez nenhum arremesso à cesta, levando esse problema até para o aquecimento de praxe voltado para as bandejas tradicionais - ali já se negava a isso tambem. Meus caros amigos, voces imaginam o que passa na cabeça dessa "artista"? Já souberam de algum caso dessa natureza? Estou falando sobre isso não porque eu assisti a esse campeonato e ao fato em si, mas porque me foi dito por suas colegas de seleção - sendo assim tenho que acreditar.

Quando o técnico afirma que não dá mais, é porque o acontecido ontem foi a gota que faltava para encher o balde. Na cabeça dela passam motivos que a levam a isso. Eu mesmo critico excessos de substituição há muito tempo, mas há uma hierarquia que deve ser obedecida. É do esporte, é o que mais ele ensina ao atleta: respeito e disciplina."

29 comentários:

cibele disse...

Quando até a Janeth, que nunca ouvi, pelo menos na TV, falando algo ruim de alguém, é porque o negócio tá bravo e muito sério.

Thiago Anselmo disse...

NBA ETC E TAL

Iziane não tem que pedir perdão nada. O que está feito, está feito. Bassul nao é o PAPA para perdoar. Agora Iziane pagará pelo que disse e nao jogará mais na seleção...
Até q enfim o GREGO fez algo certo. Ele apoiou o BASSUL.


Entrem e comentem!

http://www.nba-etc-etal.com/

Abraços


Obs.: RODRIGO, apareça no NBA ETC E TAL e deixe um comentario do texto da seção! Vc nunca aparece lá!
ABraços

lisangelo disse...

A coisa ta tao ruim que o Sportv.sem mais sem menos, interrompeu a transmissao de Brasil e Angola, pra um jogo de futebol...

Thiago Anselmo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Thiago Anselmo disse...

o NEgocio não é a coisa está ruim ou não, é que aqui no BRASIL eles preferem passar jogo de outro país do que a da própria seleçao...
Ínterrompem qualquer programação para passar só jogo de futebol, independentemente de qual for.
Mas a GLOBO transmitiu a final do basket?
Naos, se fosse futebol transmitia..

Brasil, país de sem patriotismo!
Jogos de futebol de qualquer país é melhor que jogos no brasil ou do brasil de qualquer outro esporte.!!!


Obs.: Visitantes do REBOTE, apareçam no www.nba-etc-etal.com
Prestigiar outro blog sobre basket nao faz mal a ninguem!

cibele disse...

Aqui no Brasil não. A ESPN Brasil continuou com o jogo na integra e preferiu pedir desculpas ao povo que queria ver o jogo do Uruguai e da Venezuela.

Anônimo disse...

jogo contra angola foi ridiculo

foi bom q cortaram

Kengo disse...

Frente à Maria Helena e Wlamir Marques, só tenho a dizer:

"Iziane, quem?"

Vinsanity disse...

Mestre Wlamir Marques foi muito feliz em sua declaração, concordo com tudo que disse!!!
Eu particularmente tenho que agradecer a ele pelos conselhos que me deu quando conversei há alguns anos nos jogos abertos do interior, foram muito úteis tanto na quadra como na vida.
Respeito muito esse cara, mesmo não tendo visto ele jogar, tenho ele como meu ídolo!!!

Se vc puder, Iziane, escute o que o mestre Wlamir tem a dizer pra vc!

Ricardo disse...

O Wlamir Marques escreveu bem. Falta cultura esportiva na Iziane. Ela não aprendeu a jogar em equipe, além disso é mal-educada. Garanto que ela está torcendo para a derrota brasileira, só para dizer depois: "da próxima vez que me dispensar, pense melhor".

É por isso que os depoimentos da Iziane estão passando dos limites... Ela deixa evidente o sentimento de vingança e ódio contra o Bassul, que fez o que devia fazer. Agora, se ela não quiser pedir desculpas, o problema é dela. É uma ótima jogadora, mas será que sem o coletivo, consegue vencer partidas sozinha? Obviamente não. Ao contrário, contra Cuba no Pré das Américas, em 2007, ela decidiu o jogo a favor do time adversário. A Chuca é uma jogadora que se encaixa muito mais no esquema do Paulo Bassul, mas isso acontece porque ela primeiro respeita o técnico e a equipe. Se não ganharmos amanhã, não será por falta da Iziane. Com ela e seu egoísmo, certamente perderíamos.

Enfim, esse momento deve ser muito discutido. Eu vejo como positivos os depoimentos dos verdadeiros heróis do nosso basquete. É preciso discutir bem os rumos que nossos atletas estão tomando!

Leandro disse...

É muito triste mesmo tudo isso....

Sempre admirei muito a Iziane como jogadora, desde a época do Mundial Juvenil de 2001. Já se via que ela seria o grande nome da seleção anos depois.

Mas depois dos acontecimentos dessa semana, estou triste com tudo isso...

Torço para que as meninas entrem amanhã com toda garra, com toda força e acreditando que a vaga será nossa amanhã!!!!

PENSAMENTO POSITIVO E SE DEUS QUISER VAMOS A PEQUIM

lisangelo disse...

A unica saida que vejo, eh apos esse fiaco todo, quando finalmente trocar a direcao da CBB, eh reaproximar nossos idolos do Basquete das comissoes tecnicas das selecoes. Nao precisa ser no cargo de tecnico, pode ser como consultor mesmo. Duvido que a Iziane faca alguma coisa desse estilo tendo uma Hortencia ali do lado. Duvido que o Nene nao assista de cadeira de rodas o final de partida da selecao tendo que prestar contas a um Oscar.
Ta eh faltando respeito.
[]s

Burra disse...

A iziane não é sem cultura não, ela é bem mais que isso, é burra! Bem feito pra ela, garota podre que se acha, acabou pra ela...

eZ disse...

Oscar ?

Pelamor!!!

Ele é um dos responsáveis pelo basquete estar essa draga ...

só abre a boca p falar besteira, fica numa politicagem danada e teve sua atuação perante a seleção superestimada demais!!!

falam como se a seleção tivesse sido uma dinastia ou brigasse de igual p igual com as outras seleções e na verdade nem rolou isso.

Ele metia seus 40, 50 pontos e o time nunca foi mto longe, salvo aquele maldito jogo em Indianápolis q mascarou tudo de horrível que rolou no basquete na década de 90. Esses cars tem q desaparecer do mapa e deixar gente nova e quem realmente entende de basquete tomar conta do pedaço. Essa panelinha tem q acabar. E antes q me atirem pedras, qdo me refiro gente nova, não estou dizendo com relação a idade e sim gente q não faz parte dessa panela nojenta q toma conta do basquete ....

Alexandre Estefan disse...

Concordo em 90% com o ez sobre o Oscar, lembrando que nosso basquete começou a cair com essa geração que por algum motivo é idolatrada pela imprensa esportiva, mas realmente ter idolos perto da seleção como o lisangelo mencionou é importante, pois essas "estrelas" iriam ver que não são nada e só com conquistas iriam se tornar algo.
E quanto ao Wlamir... sem comentários, não entendo como alguém pode falar mal dele, mesmo como comentarista, por mais que não se concorde, o cara é o Diabo Loiro e todo o respeito é pouco, assim como Hortência, Paula, Janeth, Marta... e até mesmo a querida Ruth que se matava em quadra.

Helton disse...

Rodrigo Alvez

Você sabe me informar o que o Paulo Bassul ou a CBB tem contra a jogadora Palmira ? Ouvi falar que existe um problema contra a convocação dela.

Por favor se souber favor me responder.

Obrigado.

jdinis disse...

O Oscar foi um jogador EXCEPCIONAL, talvez o maior arremessador que vi jogar e, quando era mais jovem, também sabia infiltrar bem e jogar dentro do garrafão.

Entretanto, no caso da iziane, ele não tem muita moral para opinar.

Foi um dos maiores "fominhas" que passaram pela seleção, destruía qualquer esquema de jogo. O time iniciava as jogadas de ataque e, quando a bola caía na mão dele, era arremesso de qualquer jeito. Quando a bola estava caindo (Indianápolis, por exemplo), tudo bem mas, caso contrário, afundava o time. Era dedicado a seleção mas extremamente individualista e, realmente, a seleção não conseguiu grandes resultados na sua época (perdíamos sempre da Austrália, lembram). E a quantidade de equipes fortes era bem menor (URSS e Iugoslávia ainda existiam).

Concordo, porém, que um nome "de peso" no apoio as nossas seleções seria fundamental (mas isso dependeria da CBB...).

Abços.

jdinis disse...

Consertando a "besteira" que falei acima, o Oscar não pode falar sobre o individualismo da iziane, mas sobre sua atitude pode!

Abços.

SANDROSAMPA disse...

Alexandre E Ez
Democraticamente vou discordar com relação a Oscar , MArcel e Cia.

Eles além atletas eram homens de atitude e conduta dentro da quadra profissionais no que faziam , tanto Oscar quanto Marcel e outros jogadores tinha boa formação sabiam ter a leitura do jogo.
Em tempo na época deles estávamos sempre entre os 4 o cinco primeiros do Mundo

Vale lembrar que fomos bronze no mundial das Filipinas em 1978 graças a uma cesta do Marcel no último segundo.
Sem falar no mundial de 1986 quando chegamos em 4º jogando de igual para igual contra Yougoslávia de Petrovich e etc, União Soviética de Sabonis e cia. e USA com Mugse Bogues e etc.
Ocorre que a própria imprensa foi um pouco ufanista e só destaca Indianapolis e esquece o resto.

Não acho correto fazer rixa de gerações.
O que aconteceu foi que os responsáveis pela formação dos atletas é que tem falhado .
Alem disso os clubes não conseguem formar o ser humano para saber viver dentro do esporte.
A cultura esportiva qeuo Wlamir corrretamente disse qeu fata é fato e só corrobora minha opinião de que.
Os não estamos sabendo formar atletas em todos os sentiudos.
Ao inves de ficar procurando bode expiatórios ou culpados o que deveria fazer é se preocupar com a formação dos nossos atletas .
PAra se formar não só um jogador mas como um homem e uma mulher com a cultura do esporte.
Não vejo nesse episódio da Iziane ninguém que esteja no meio do basquete parar e num tom de autocrítica dizer:
"Estamos falhando em formar esses caras e moças"
Concordo com Vinsanity acima
Ao invés de tentar culpar as gerações anteriores temos que ver que eles não são responsáveis pela geração que está aí.
Nenhum desses atletas praticamente trabalhou com a base dessas nossas seleções
Como foi dito os nossos ex atletas tinham a noçao de seleção respeito a camisa do Brasil.
E poderiam muito bem ajudar nisso com os jovens jogadores.
Só no Brasil que uma Hortencia uma Paula são defenestadas da seleções.
E por onde andam o Marquinhos ex-Sirio, Carioquinha, o próprio Marcel?
Na CBB só vingam os pelegos apegados aos cargos , que não abrem a boca para essa auto análise.
Quem trabalha base no Brasil?
Quem formou essas jogadoras e e jogadores que estão aí?
Oscar? Marcel? , Hortência? , Paula?
Óbvio que não.
Até mesmo o Bassul que vem trabalhando com essas garotas desde as seleções de base deveria fazer uma mea culpa.

Além de nossos atletas voltarem para a "escola" do esporte e da vida , creio que os formadores , técnicos e clubes deveriam retornar Às salas de aula.
Pois conhecemos a boa arvore pelos frutos que dão.

Christian disse...

A campanha do mundial de 86 foi excelente só perdemos mesmo para as equipes fora de série como a USSR, USA e Iuguslávia, olha o nível dos jogadores Petrovic, Sabonis, Marchiulenis, Volkov, Kurtnatis, entre outros, eram equipes excelentes e o Brasil ficou entre as 4 melhores ou 5 melhores um sonho muito distante da geração atual. Quanto a Iziane creio que ela se acha, ela pensa que é uma jogadora melhor do que é e acha que é estrela, será que na WNBA ela joga tanto quanto na seleção????

iuri disse...

ela fala que é estrela, mas não me lembro de alguma estrela no basquete se comportar assim, e quem é ela perto de hortência? magic paula?

tem que baixar a bola dela, ela que tem que se dedicar pro brasil, e não o brasil pra ela...

Vinsanity disse...

Essa histórinha dessa jogadorazinha reserva de time de segundo escalão da wnba já rendeu demais!!!
Essa ignorantem arrogante e insignificante não é e nunca será nada perto da importância da camisa da seleção brasileira!!!
Verdadeiras estrelas respeitam o comando técnico e mais do que isso, suas companheiras de equipe que ralaram pra compensar suas cagadas no jogo.
Nunca vi verdadeiras estrelas, dos tempos atuais, como Sue Bird, Lauren Jackson, Maria Stepanova, Lisa Leslie, Amaya Valdemoro, Korstine, desrespeitarem seus grupos por conta de suas vaidades e por se acharem estrelas demais pra sentar no banco enquanto suas companheiras dão o melhor de sí pelo mesmo objetivo.

Iziane e Nézinho, são exemplos dos seres humanos que o nosso país tem formado dentro do nosso esfacelado esporte!!!

eZ disse...

Sandro, eu não me refiro a Oscar, Marcel e CIA. Me refiro especificamente ao Oscar. Sou um grande admirador do Marcel, que é um estudioso do basquete, um grande técnico na minha opnião ( o melhor q temos aqui ). Tirando o chilique q ele teve com relação a contratação do técnico estrangeiro e outras atitudes erradas, o vejo como um grande nome para participar de uma reformulação. A minha crítica é mais diretamente relacionada ao Oscar. Ele é simplesmente Endeusado pela mídia, principalmente por ser um cara divertido ( garanto q eu me divertiria mto tomando um chopp com ele :) ) e sempre tido como 'o maior da história, o ídolo, o Jordan Brasileiro'. Porra, olha para as mulheres!!! Esses sim ralaram, revolucionaram. Paula, Hortência, Arcain. Foram campeãs mundiais, chegaram forte na olimpíada, respeitadas, temidas. Maria Helena é uma excelente técnica, melhor q muito dos marmanjos incopetentes e ultrapassados que temos no Brasil. Façam planos para intercâmbio. Pipoka, Israel, Wlamir. O basquete não se resume ao oscar, um crazy shooter que deu certo pq um dia tava caindo tudo em Indianápolis. Eu lembro q qdo era pivete, jogava na escola e era um pivô IN-Out a la Okur. Lembro q via o Oscar queimar tudo qto eh bola e qdo fazia 10% no treino tomava xingo do técnico. Nunca vou me esquecer qdo ele me disse p olhar o jogo dele com mais calma e trazer uma lista dos defeitos. Ballhog, defesa horrível, furava td. qto era jogada e rotação ofensiva. Chutava mto, é verdade, mas nada mais q isso. Desde aquela época, peguei uma raiva tremenda, qdo todos vinham me falar de oscar. Lembro q ainda declarou seu sucessor a sua imagem e semelhança, o Rogério. Afe. Onde o Brasil foi depois do pan em Indianápolis ? Onde o Brasil chegou ? Se o Oscar tá sempre na mídia desse jeito, o Wlamir, a Paula deveriam estar apresentando o Jornal Nacional!!!

E só voltando, não acho q há uma rixa de gerações. O problema é q agora todo mundo aparece na mídia p botar o dedo na ferida, reclamar dos caras da NBA, dar uma de entendedores, mas ng faz algo de concreto. Onde está a liga do Oscar ? O que ele fez p contribuir na formação desses jogadores, para a seleção q ele adora tanto ? Ele voltou, encheu os bolsos no corínthians, no flamengo, foi candidato ao senado e agora fica falando como se fizesse milhares de maravilhas pelo esporte nacional.

É isso que eu fico puto. Não digo q o Oscar não é ídolo. O respeito como tal, mas ele não é um semi-deus num pedestal como o tratam e principalmente, a ponto da opnião dele virar lei. Ele não se importa com o melhor do baquete brasileiro. Ele se importa no melhor para Ele, assim como em quadra, na tábua de estatísticas.

Gente assim, tem q aparecer para receber as homenagens, eventos antes de jogos, hall da fama e essas coisas. Deixa o resto nas mãos de pessoas que realmente querem fazer algo e fazer com q o esporte melhore aqui.

Anônimo disse...

Wlamir Marques, isso sim eh um idolo! Inteligente, talentoso, humilde, dedicado....e as declaracoes da Iziane (Estrela tem q jogar....), aff, q nojo!! Jogar na selecao tem q merecer nao soh pelas qualidades tecnicas, mas tb pelas qualidades de lider...FORA IZIANE!!
e o Wlamir, eu saudavelmente nao concordo com as criticas deles sobre substituicoes excessivas, mas isso eh assunto para futuras discussoes, pois esse eh um assunto muito complexo!!

SANDROSAMPA disse...

Bom EZ o debate é bom

Como eu disse Indianapolis é mais lembrado pela mídia quem acompanha o basquete sabe que OScar não fez só aquele grande jogo
Além disso pergunte ao própiro Marcel as qualidade que o OScar tinha como reboteiro
A evoluçao de um cara que começou jogando de pivô e virou um dos maiores cestinhas da História.
Enquanto o Oscar Marcel e Cia tiveram um Arividade da vida que sabei explorar as qualidades deles o Brasil conseguiu grandes resultados.
Bronze no Mundial da Filipinas, Quarto no Mundial de 1986 e e aí sim vem o INdianapolis.ISSO É POUCO?

Todos com Ari Vidal que sabia explorar o elenco que tinha

Quanot a LIga do OScar não erst´aaí mas temos outras coisas piores [
]como esse NAcional e a Supercopa

A NLB não vingou embora nossos ídolos como a Paula que vc citou e a Hortencia sairam mendingando patrocínio e nada de alguém apoiar ou memso a TV oficialque se manteve com CBB e Grego.

Os clubes usaram um desequilibrio do OScar num jogo para justificar roeras cordas e ficarem do lado da CBB como Franca .
Depois agora Franca foi vítima da CBB e aparece como vítima

Não era mais fácil ter continuado com NLB e depois se fosse o caso afastar o OScar por eleição.
Já que a liga era dos clubes?

Como disse não foi OSCAR qeu montou a filosofia na cabeça desses nossos jogadores atuais.
Quem trabalha com eles e elas são caras como o próprio BAssul.
E se os jogadores tem essa visão de lance de 3 cadê os técnicos que não corrigem?
Precisamos encara o erros na FOnte

Anônimo disse...

Gente...Realmente tudo isso que aconteceu com a Iziane é resultado de uma má formação.Como trabalho com categorias de base também, vejo que as jogadoras de hj, onde incluo a Iziane,são atletas sobreviventes de categorias de base. São educadas a pensarem somente nelas e em mais ninguem, já que se não o fizerem ficam no meio do caminho, pois desde a categoria infantil são sugadas por clubes de SP, que se dizem reveladores de atletas e sempre que as atletas não os agradam as dispensam ao acaso.Por isso nossa modalidade se encontra deteriorada, pois temos atletas sem identidade, sem berço e que se não forem egoistas e pensarem em seu próprio umbigo, não sobrevivem no esporte.

EDoR

De três? disse...

Maravilha vai ser o Pré-Olímpico masculino, com o Marcelinho queimando bolas de três, numa atitude cover de Oscar.

marcio disse...

Concordo com a obs. do EZ Oscar sempre foi um jogador extremamente individualista, avesso ao jogo coletivo, não discuto suas caracteristicas de pontuador "algum merito teria q ter pelo menos"sobrevive de sua imagem "inata´cavel" por parte da midia q o endeusa .notadamente com perdão da palavra "a rubro -negra,mesma do futebol por ter jogado no clube e com isto é proibido falar mal dele e alem disto sofre de um problema sério não sabe perder.

Anônimo disse...

Já que vi falando em Oscar. Procurem no youtube um jogo dele contra Drazen Petrovich. Digo isso porque Drazen fez 58 pontos eu acho e Oscar 46. heheheheheeh Que pena Petrovich ter morrido cedo, o cara jogava muito!