segunda-feira, 9 de junho de 2008

CONVOCADOS - LEANDRINHO


Leandrinho / Foto: CBB

Corria o treino da seleção no ginásio do Botafogo e a noite
de domingo seguia tranqüila, quando escutei o tradicional
"E aí, véio". Ao meu lado, de bermuda, camiseta e boné virado para trás, o pivô da maior polêmica do momento no basquete nacional: Leandrinho. O ala do Phoenix Suns fez uma visita-surpresa para aparar as arestas com o técnico Moncho Monsalve. Simpático, o chefe
se levantou para recepcioná-lo.
Os dois conversaram de pé por cinco minutos e depois sentaram para ver o restante do treino. Resultado: o espanhol abriu uma exceção e deu prazo até dia 16 para o jogador se apresentar ao grupo. Logo após a conversa, Leandrinho falou com o Rebote.

- REBOTE - E aí, como foi o papo?
- LEANDRINHO - Foi muito legal. Eu queria conversar com ele sobre algumas coisas que a mídia publicou, que não saíram da minha boca nem da dele. Agora no dia 12, eu viajo para os Estados Unidos e chego lá no dia 13 para fazer os exames. Não sei quanto tempo vai demorar. Estou muito feliz porque vim aqui fazer o meu papel, e agora ele vai fazer o papel dele.

>>> "Se eu não precisar fazer a cirurgia no joelho, volto correndo para me apresentar. Tentei antecipar essa data dos exames, mas não deu"

Leandrinho / Foto: NBA- Dia 16 parece ser uma data razoável para se apresentar?
- Sim, parece ser boa. Acho que dá tempo. Se eu não precisar fazer a cirurgia no joelho, volto correndo para me apresentar.

- O pessoal do Phoenix está em contato direto contigo?
- O Steve Kerr já me ligou hoje de novo. Eu tentei antecipar essa data dos exames, mas não foi possível. O pessoal lá está correndo, até porque só agora acertaram a contratação do novo técnico, o Terry Porter.

- Que tal a escolha?
- Eu não conheço a história dele como técnico, mas vai ser bom, é um cara importante. Vou sentir saudade do Mike D'Antoni, que é um amigo. Mas será um novo trabalho, vai dar tudo certo.

Shaq e Leandrinho / Foto: NBA- E o Shaq? Gente boa?
- Gente boa demais. É um molecaço. Deu um novo clima para o time no vestiário.

- Você quer trazê-lo ao Brasil para um jogo beneficente. Já tem alguma data marcada?
- Já, dia 5 de setembro. Mas ainda dependemos de algumas negociações com jogadores e patrocinadores. O Shaq já está certo, ele vem. Já me disse até que quer conhecer a Rocinha.

- E a final da NBA?
- Estou torcendo para os Lakers.

- Como assim? Lakers e Suns têm hoje uma das maiores rivalidades da liga, vocês vivem se pegando em playoffs...
- Eu sei, mas é o time da minha conferência. A rivalidade é forte, aconteceu de os times se cruzarem duas vezes recentemente nos playoffs. Mas admiro muito os Lakers, principalmente o Kobe Bryant e o Phil Jackson. Espero que tudo dê certo para eles.

18 comentários:

Igor disse...

Se o Leandrinho ficar fora vai ficar mais difícil ainda.

Shaq parece ser uma excelente pessoa para o grupo.

Anônimo disse...

Não da para entender... Tô confuso... Uns dizem que o Leandrinho ta mesmo machucado e outros dizem que ele não ta a fim de jogar... Sei lá... Esperar dia 16 para ver... Ah! e se o Moncho fizer mesmo aquilo que disse (Não convocar quem não quis jogar o pré-olímpico (Varejão) para as olimpíadas caso ocorra um milagre e, caso o Grego o obrigue ele pede demissão) eu começo a ter mais esperanças numa mudança no basquete brasileiro...

eZ disse...

Sinceramente ? Acho q o LB se ligou a merda q ele estava fazendo, acho q ele andou lendo os posts aqui ( Sem falsa modéstia ein Rodrigo e galera q comenta aqui ;) ), e viu que o filme dele ficaria queimadaço com essa história toda. Nada como uma atitude bacana de conversar com o técnico e botar os pingos nos I's. Acho bom o cara deixar de lado a imaturidade e assumir q se ele quer mudar algo aqui vai ter q ser de frente e não fugindo pelos cantos.


Ainda acho remota a presença dele e acho q foi no mínimo uma atitude política.

Ele não joga, mas ficou bem com todo mundo.

Vamos esperar agora dia 16.

Guilherme disse...

Espero q jogue, mas acho q o brasil sentira mais falta dos pivos, q daria pra ser a base do ataque da seleçao, ao inves de ser chutar de 3.

leoi aracaju disse...

Também acho que ele botou a mão na consciência sobre a besteira que estava fazendo.

Mas mesmo assim já ficou claro o descompronmisso dele com a seleção. Nunva vi dizer uma pessoa estar machuca e esperar tanto pra fazer um exame.

Que eu saiba quem se machuca, principlamente atleta profissional, a primeira coisa que faz e realizar um exame pra saber a gravidade.

Pelo menos ele mostrou que ainda da ouvidos aos apelos dos amantes do basquete.

Artur disse...

Queria que ele jogasse a m**** no ventilador e dissesse: ou joga o Marcelinho ou jogo eu. Pronto.

Seria muito mais importante fazer isso publicamente do que de maneira velada.

Abracos!

cibele disse...

Leandrinho fazendo damage control. hahaha
Aposto que o Varejão vai aparecer esses dias pra fazer a dele também...

Márcio Sanctos disse...

Acho que não. Acho que nemo Varejão nem o Nenê vão fazer o damage control. Claro que fiquei p*** da vida com o Leandrinho com tudo o que aconteceu, mas de longe tenho a impressão de que ele É mesmo um cara legal (confirma aí Rodrigo), que se preocupa com este tipo de coisa. Não é fácil vir reconhecer um erro em público. Ponto pra ele.

Fábio Carvalho disse...

Conversando tudo se resolve. Só não dá pra deixar a imprensa como garoto de recados...

Anônimo disse...

não vêm, é só pra amenizar

Rodrigo Alves disse...

Amigos, volto a dizer o que eu penso sobre este caso: o Leandrinho é um cara super gente boa, tem vontade de jogar pela seleção, mas ele e todos os brasileiros da NBA têm os seus times em primeiro plano e a seleção em segundo. Isso não é uma crítica. É um fato.

Diversos motivos levam a essa conclusão, e o principal é que os clubes pagam altos salários e exigem que seus jogadores dêem prioridade às temporadas nos EUA.

Não acho que Leandrinho e Varejão inventaram lesões. Se estivessem na final da NBA, provavelmente estariam jogando no sacrifício. Só que os times não permitem que eles façam tal sacrifício pela seleção. Até porque, se fizerem, voltam baleados para o próximo campeonato. E todo o investimento dos americanos será inútil porque o jogador estará debilitado fisicamente.

Agora, se os caras deveriam peitar os patrões e jogar pela seleção de qualquer jeito, aí é outra discussão.

Abraços!

Caio²³ disse...

Shaq quer ir conhecer a rocinha..
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Uma vez Shaq, Sempre Shaq

cibele disse...

Nenê nao vai e nem deve fazer damage control. O cara nem tem mais o que dizer, teve um cancer. E cancer volta, tem que cuidar. Ele ainda teve uma infecção no local da cirurgia.

Mas não duvido nada que daqui uns dias o Varejão vai dar uma entrevista emocionada pra algum jornal chapa branca tipo Globo Esporte haha

Giuliano disse...

Esse é o Lendrinho que eu conheço...

Duda 11 disse...

Ótimo que o Leandrinho foi falar com o Moncho! Assim, param as "conversinhas" dos dois lados pela imprensa!
Agora, vamos torcer para que ele reforce o time no Pré-Olímpico! A seleção depende muito dele..
Abs

Anônimo disse...

SR. ROLANDO Ó'LERO
Gostaria de estar enganado, mas o cara é o próprio Rolando O'Lero da escolinha do Professor Raimundo que enrola, enrola e não diz nada de verdade.
Mostra a tua cara ô Véio !

Luiz disse...

Bom...bem comentado. Ja eu prefiro avaliar as nossas sobras.De repente, poderá se constituir em surpresa(desde que o Moncho tenha assimilado que o brasileiro, naturalmente,prefere a velocidade).Se jogarmos contra qualquer europeu "parado", o time vai "cristalizar" e aí, os menos experientes, não irão saber como sair dessa.Mas com,Baby,Spliter,Paulão, JP,Hátila ( realmente, grande) e Murilo, parece ser possível fazer uma presença de "força" razoável.É claro que a experiência de um Varejão pesaria. Mas, acredito na vontade dos novatos. Quanto aos jogadores ditos " mais leves" e de infiltrações, só o Marcelinho parece não se ajustar. Não gostaria de lembrar mas, se o Leandrinho vier, aí vai ser festa. Sempre lembrando para o Valtinho soltar o " freio de mão"(aliás, eleja está soltando e, melhorou muito seu rendimento).
É isso o que eu acho. Quantos times tem um Alex? ou Huertas?
Tenho muita confiança. Estou certo?
Luiz

Osama Lakers disse...

concordo com o Rodrigo, comentário muito correto, de cabeça fria e super adequado - aliás como sempre. Acredito que o Leandrinho está falando a verdade, como havia colocado em outro post e não está fazendo damage control - foi falar com o técnico para aparar essas arestas que estavam ficando e incomodando muito.