sábado, 14 de junho de 2008

A SÉRIE ACABOU?


Doc Rivers / Foto: NBA



Jogos no SporTV, treinos da seleção, lambança da Iziane... como vocês notaram, foi difícil arrumar tempo para escrever sobre o jogo 4 da final da NBA. Mas vocês deram conta do recado com sobras na caixinha. O que aconteceu em Los Angeles na quinta-feira, claro, será lembrado durante muito tempo: uma reação histórica do Boston, que cortou uma diferença de 24 pontos na casa do rival, venceu de forma heróica e botou a mão no título.

Pierce e Kobe / Foto: NBAA questão é: a série acabou?

Para deixar a taça escapar, os Celtics têm que perder três vezes seguidas. Tal cenário só aconteceu uma vez durante a temporada, e essa seqüência negativa veio espremida com cinco vitórias antes e 10 depois.

Quando capengou nas duas primeiras séries (Hawks e Cavs), o Boston teve sua qualidade posta em dúvida, o que é natural. Enquanto isso, os Lakers cruzaram o playoff feito uma flecha, derrubando um adversário atrás do outro.

Por isso, a maioria (eu, inclusive) escolheu o time de Los Angeles como favorito no confronto. Só que Doc Rivers tinha uma carta na manga: a receita para frear o ímpeto de Kobe Bryant - o que já tinha acontecido na fase regular e se repete agora na decisão. Na missão árdua, o treinador conta com a luta incansável de Paul Pierce, que vem jogando o fino no ataque e na defesa.

Celtics / Foto: NBAA série acabou? Não. Mas se tem uma coisa que o Boston fez com maestria neste playoff foi defender o mando de quadra. Os Lakers têm tudo para ganhar o jogo 5, mas vencer três seguidas, sendo duas no Garden, é uma tarefa quase impossível. Ou será que não?

4 comentários:

Elemento disse...

Realmente Rodrigo, há que se ressaltar que o Doc Rivers também é um dos responsáveis pela vitória do Celtics. Quando assisti o primeiro quarto estava vendo um massacre, ou pelo menos o ínício de um...

Nas outras partidas, o Celtics dobrava perfeito no Kobe e depois se arrumava rapidamente e em harmonia. Já o Lakers, quando dobrava em alguém, abria um buraco na defesa. E foi assim que Powe, Brown ou Posey apareceram pro jogo e surpreenderam o Lakers. Nesta última partida, o Celtics teve a defesa desarrumada pelo Phil. Ele sabia, preveu e explorou o fato de o Boston se centrar no Kobe e armou um time que surpreendeu. Mérito dele.

Eis que Doc Rivers acerta a marcação, fecha os buracos todos numa semi-zona e segura as infiltrações. E fazendo malabarismos impressionantes, como o Posey ter jogado (e bem) como pivô, no lugar do Perkins contundido, durante algum tempo. E ainda meteu de 3, assobiou e chupou cana...

No ataque do Boston, por mais que o Lakers se esforce na marcação, sempre acaba sobrando um do Celtics. Acho que o Garnett tem rendido menos porque se concentra na marcação e nos rebotes. Ele joga pro time e não é à toa que Gasol não tem rendido. O Allen e o Pierce, quando um está com o Kobe, o outro sobra...

Alexandre Estefan disse...

Minha aposta do Celtics fechar em 4-1 segue viva.
Interessante é ver que o banco do Celtics(ponto fraco da equipe) está rendendo mais do que o esperado.

Marcel disse...

Acho que o Boston não perde essa vantagem. Mas acredito que o Los Angeles vai fazer de tudo não para ganhar o título, mas para não deixar o Celtics ser campeão fora de casa.

Christian disse...

Não acho que o banco do Celtics está rendendo acima do esperado, está rendendo o esperado isso sim, nenhum atleta do banco está fazendo mais do que já tinha feito durante a temporada, além do fato do banco do Boston ter mais opções e ser melhor que o do Lakers.