sexta-feira, 27 de junho de 2008

O AMISTOSO, O DRAFT, AS TROCAS

E aí, viu o amistoso do Brasil contra a Venezuela? O que achou?
E o draft, hein, que tal? Gostou da ida do Richard Jefferson para o Milwaukee? Dizem que LeBron vem aí... a gente conversa sobre esses assuntos ainda na sexta-feira, ok? Abraços a todos!

37 comentários:

rao disse...

pooooooooooooooow rodrigooooooooooooo fala ae como foi o jogo, eu num tenho tv a cabo fala aeeeeeeeeeeeeee

Anônimo disse...

A seleção jogou bem, Tiago Splitter sobra neste time mas aquele Marcuus não ataca, não marca ;porque não chamaram o Márcio de Franca??

jdinis disse...

Minha opinião sobre o jogo de forma sucinta:

- adversário fraco, defesa mais ou menos, ataque com muita movimentação só nos primeiros quartos, poucas jogadas para os pivôs (ou pelo menos não tiveram sucesso), Huertas muito bem, Splitter também, Moncho idem nas intervenções (muitas vezes retira o jogador e o senta do seu lado para conversar), reservas preocupantes.

O time cai muito quando o Huertas sai, acho que o Fúlvio está com medo de errar e por isso muito tímido (não sei se isso é bom ou ruim).

Os pivôs são um ponto preocupante (exceção do Splitter), apesar do Baby ter ido bem nos rebotes no 1º tempo (e muito mal em tudo no segundo). E a Venezuela não apresentou nenhum grande pivô.

Achei o Tavernari "pesadão" e estava com a "mão ruim" nos arremessos de fora.

Para o nível de um Pré-Olímpico mundial não fiquei animado, aliás, conforme expectativa (mas vamos ver se melhora hoje).

O Marcus Vinícius jogou muito pouco, estaria sendo poupado pelo problema físico?

Abços.

Erin disse...

jdinis, como voce pode ignorar o marcelo machado nos seus comentarios?
voce e daquela turma que so sabe criticar?
o cara jogou muito, foi o melhor em quadra e voce nao escreveu nem uma linha sobre ele, inujustica.
Ele acabou o jogo com 85 % de aproveitamento tentou 20 pontos e fez 17, so errou um chute de 3 pontos (4 de 5 nao esta nada mal)
duas roubadas e 2 erros, 4 assitencias,
vamos valorizar o que nos temos, agora e hora de unir as forcas.

jdinis disse...

OK.

Não falei sobre o Marcelinho Machado porque achei que ele não "foi testado" pela Venezuela. Entretanto não precipitou nenhuma bola e teve um aproveitamento excelente.

Estava mais preocupado com o Huertas na função de comandante da equipe (pois não sabíamos aqui no Brasil como ele iria se sair) e o achei excelente.

Corrigindo, então, Marcelinho Machado muito bem!

Abços.

Anônimo disse...

Concordo com o Erin plenamente! o MM Crazy Shooter jogou muito bem ontem. Arremessos sem precipitação e sempre depois de jogadas. As vezes preteriu o arremesso para dar um passe para um companheiro em melhor posição. Acho que o que faltava para ele era um técnico que lhe orientasse melhor e que tenha autoridade. Splitter sobra. Joga sério e com objetividade. Até achei que ele estava um pouco desinteressado, mas deve ser por causa do adversário. Huertas muito seguro. Tavernari com aquelas botas do KISS com dificuldades para se mover com rapidez. Precisamos de um outro homem de garrafão para aliviar o Splitter.

Klaus Nowitziki

lisangelo disse...

E la vamos nos de novo...
Primeiro amistoso, falta de ritmo, adversario fraco, etc, etc...

NEGATIVO - Reservas fora de forma e apresentando alguns problemas nossos conhecidos. Nao temos reserva para o Splitter, no pre vao fazer marcacao dura em cima do nosso craque e ai... Machado deu a impressao que cansou no final.

CURIOSO - As conversas em espanhol estavam interessantes. Siga el juego!!! (ou coisa que o valha) Achei um pouco demais o lance da mao no coracao durante o hino do nosso tecnico, mas faz parte do mis-en-cene. O Sportv tambem se esforcou pra levantar o ibope e a moral do nosso treinador.

POSITIVO - Com mais um dois jogos Huertas e Alex vao estar arrebentando. O Moncho nao eh excepcional, mas deu pra ver que eh bem dedicado e conseguiu unir o grupo que ta falando uma mesma lingua.
E... SPLITTER EH O CARA.

Anônimo disse...

Paulão está totalmente descartado?

Klaus Nowitziki

Anônimo disse...

Os SPURS choram! O TAU solta fogos!

Luiz Guilherme disse...

Minha impressão (fui ver o jogo nomaracanãzinho):

- Huertas: Limitado, mas o melhor disponível.
- Alex : Perdido, porem com muita vontade.
- Marcelinho: Regularidade de sempre com mais acertos que erros nos arremessos(oq não é tão comum)
- JP Batista: Ele jogou?
- Splitter: Muito bom e seguro, mas contra aqueles retardados da venezuela...
- Baby: Muita força, nenhuma técnica e muito sono.
- Marcos: Nada fez.
- Tavernari: Não entendi a convocação.
- Murilo: Um bopm reserva, mas um pouco apagado.
- Fulvio: Mostrou que é um bom reserva, mas precisa se soltar um pouco mais.
- Duda: Nunca vi ninguem mais nervoso numa partida que ele.


Resumo: Não conseguiremos a classificação jogando dessa forma, sentiremos muita falta dos não patriotas.

Obs.: observei o Rodrigo, ou alguem muito parecido com ele meio desligado do jogo, principalmente no final. Acho que por isso ele ainda não postou, tá vendo o vt. rs

pedro trindade disse...

esse tipo de "otimismo" do luiz guilherme é contagiante...

o trabalho ta começando agora, tem que apoiar esses caras que tão ae, é isso que temos, são esses os caras que querem jogar, são esses que vão la brigar pela vaga, acho que não adianta sair cornetando todo mundo, ao menos acho que vontade que é o que temos que cobrar, os caras tão tendo.

todo mundo sabe que o baby não é tim duncan, machado não é bird, huertas não é magic, enfim... mas eles ao menos tão ae dando a cara a tapa e lutando para nos classificar.

Anônimo disse...

Esse luiz Guilherme deve ser o Phil Jakson disfarçado ou o próprio MJ. Cara, analisa com mais critério ao invés de só colocar sua opnião pessoal. Me fala aí qual sua seleção e o técnico, estou curioso, pois dos que estão convocados ninguém "serve".

Anônimo disse...

Para mim o que interessa não é a atuação individual dos jogadores. Nesse sentido já é sabido que o Splitter vai mesmo sobrar, que o MM vai chutar de 3 e que se estiver no dia dele vai acertar mesmo, etc. O importante é ver se o Brasil joga agora ou não com uma filosofia diferente da era Lula. E nesse sentido, eu sinceramente não consegui ver muita diferença. Posso estar enganado, mas eu esperava ver um time com muito mais movimentação no ataque, com mais trocas rápidas de passe, e com mais utilização do jogo de garrafão com a defesa adversária armada. Utilizamos pouco os nossos pivôs, e se o Splitter pontuou bem foi muito mais em função de rebotes de ataque do que de jogadas desenhadas para os pivôs. Continuamos reféns de bolas de 3, e muitas delas continuaram sendo precipitadas principalmente por Duda e Tavernari. Em raras oportunidades foi selecionado o melhor momento para o chute. E olha que esse time da Venezuela é muito fraco no garrafão. Se não conseguimos encaixar e priorizar o jogo debaixo da tabela contra os venezuelanos, imaginem contra os europeus. Mudar essa concepção de jogo é uma tarefa difícil e longa, mas necessária. A defesa funcionou bem em alguns momentos, mas ainda há lances de desconcentração imperdoáveis. Ou seja, na minha modesta opinião ainda falta muuuuito! Torço desesperadamente, mas tenho poucas esperanças.

Anônimo disse...

Como alguns já disseram, deu gosto ver Marcelinho Huertas, Marcelinho Machado e Tiago Splitter jogando. Se tivéssemos mais 2 no nível deles, pelo menos a equipe principal estava garantida de fazer bonito. Esse foi o problema. Todos os outros ficaram muito aquém.

Eu gostei do Fúlvio, do Murilo e do Ricardo Probst. Apesar de não terem dado espetáculo, fizeram um bom feijão com arroz.

Alex continua sendo aquele sexto jogador. Na rotação principal parece ser um pouco preocupante. Duda e Tavernari apresentaram dois sintomas do mesmo mal: nervosismo. Não dá para julgar os dois. Duda com medo de errar, e Tavernari achando que iria fazer seu nome na próxima bola, e errando todas.

JP Batista, Baby e Marcus foram os mais bisonhos na minha modesta opinião. O Baby se sobrecarregou de faltas num jogo bobo. De bom, alguns rebotes. JP e Marcus passaram despercebidos. Podem ser os 11º e 12º jogador se continuarem assim.

No mais, valeu. Taticamente é a melhor seleção dos últimos tempos, apesar de não ser brilhante. Reitero, se tivéssemos 5 jogadores do nível dos 3 principais, eu ousaria dizer que estaríamos em Pequim. É torcer para os que lá estão crescerem.

Ah, já ia me esquecendo, os momentos em que o Splitter mais jogou foram aqueles em que ele esteve na posição 5.

Abraços,

Luigi

Anônimo disse...

Eu realmente fiquei esperançoso com o jogo de ontem. Já diz o ditado que a primeira impressão é a que fica e o que eu vi foi animador.

Digo animador por ver uma equipe em quadra, um time, e não "talentos" individualistas. Acho que depois de muitos anos, temos um técnico de verdade e jogadores que têm orgulho de defender a amarelinha.

O Marcelinho realmente parece que amadureceu e vai poder armar o time. O Splitter sobrou na quadra e o MM Crazy Shooter se precipitou muito pouco nos lances, mas converteu bons tiros de 3.

Senti só a falta de um PF neste time. A nossa posição 4 ainda não tem um jogador que possa auxiliar o Splitter lá embaixo. O jogo de garrafão com certeza será melhorado, uma vez que o moncho gosta de jogadas para pivô.

O Moncho colocando a mão no peito foi um ato muito respeitoso e profissional. Feio foi ver vários jogadores nem ao menos tentar balbuciar alguma coisa na hora do hino. Shame on you guys!!!

Méritos do jogo: Moncho, Splitter e Marcelinhos.

Jogadores que podem melhorar e com certeza irão: Alex, Murilo e Ricardo.

O tempo em quadra será importante para que Fulvio e Tavernari entrem no ritmo dos demais. Talvez até o Marcus entre nessa lista...

Preocupações fortes: Baby e JP


Começo aqui uma campanha regada de bom humor: MONCHO FOR PRESIDENT!!! :D

Ass> JPnaoBatista

Anônimo disse...

É o que temos... Mas é muuuiittooooooo melhor do que ter um Nenê gordo/fora de forma, Varejão com má vontade e Leandrinho fazendo bico (Iziane II) pq ninguém o entende...
Se pelo menos eles abrissem o jogo e dissessem a verdade sobre o real motivo de não defenderem o Brasil...
Mas, esquece eles!!! O negócio é torcer para que 80% dos arremessos seja certeiros no pré ai teremos chance!!!

cesar disse...

suhauhasuhas eskeceram d citar a vitoria da seleção la nu super four contra o chile... parec q o 'brasil 2' está evoluindo d jogo pra jogo =D


huertas, machado, splitter e alex sao titulares nesse time mesmo
soh acho q mesmo ficando mais baixo o brasil poderia entrar com o probst na 4, seila.. gostei dele... marcus naum apareceu, jp tb naum, duda, fulvio e tavernari nervosos, murilo meia boca e baby doidão pegando rebotes aqui e fazendo faltas acolá hehehe...

Paulo disse...

Eu parei quando o luiz guilherme chamou o huertas de limitado...

LUCAS disse...

eu tava lá ontem, vazião, mas foi maneiro, vi vc rodrigo alves, pena q não deu pra bater um papo.
moncho é a maior figura comndando a seleção, e ainda botou a mão no peito na hora do hino, huhauhauhauha.

Anônimo disse...

Marcelinho Huertas limitado foi forçação mesmo. Ele está jogando o fino. Que velocidade, que qualidade de passe. Fiquei impressionado com o desempenho dele.

Abraços,

Luigi

Alexandre Estefan disse...

Quando o Luiz Guilherme chamou o Huertas de limitado.. pensei que era uma opinião diferente.. nem todos são obrigado a ver o jogo da mesma forma, mas quando ele analisa o Marcelinho Machado falando "Regularidade de sempre", não consegui segurar as gargalhadas.
Bem, to empolgado com essa seleção, se falta talento em algumas posição, a aplicação tática melhorou, o número de jogador no garrafão aumentou, claro que está longe do "ideal", pois foi o 1º amistoso e a tendência é melhorar a cada dia.

Diogo Costa disse...

Gente não é possível que vcs viram o mesmo jogo que eu.

A destacar apenas Marcelinho e Splitter. Aliás Splitter é uma ilha de talento neste time.

É claro que tudo pode melhorar, e o Brasil se classificar. Mas do jeito que jogou, não dá.

O Huertas é bom jogador sim, mas não demonstrou nada demais ontem. Fez uma partida no máximo burocrática, diria até que no mesmo nível do reserva Fúlvio.

Eu estava no Maracanãzinho super vazio, também vi o Rodrigo Alves várias vezes se desligando da partida, além de todo o resto da torcida. Ainda mais quando um vascaíno engraçadinho começou a tentar puxar a "ola", eu olhava para os lados e percebia que não havia mais ninguém querendo ver o jogo. Talvez também isso tenha ocorrido devido ao excesso de minutos dado ao fraco banco de reservas da seleção.

Alexandre Estefan disse...

A galera tá afiada! Até o Rodrigo tem atuação criticada!
Diogo, em uma preparação é isso que ocorre, seja em qualquer esporte.. a primeira partida nunca é 100%, até pq é um amistoso com intuito de dar ritmo de jogo e consertar os erros, o 100% se vier a ocorrer será apenas na competição.

Renzo disse...

Coincidentemente, estive no Rio ontem a trabalho.

Voltaria para casa (Vitória/ES) no fim do dia, mas consegui trocar a passagem para hoje pela manhã. Assim, revi alguns amigos cariocas no "happy hour" e um deles - mesmo sabendo bulhufas de basquete - teve a "coragem" de me levar ao Maracanãzinho para apoiar o combalido basquete nacional.

Aliás, não tinha visto o ginásio após a obra do Pan e gostei muito, apesar de ainda termos muito a evoluir em comparação com as grandes arenas da NBA.

Também vi o Rodrigo por lá e fiquei com vontade de cumprimentá-lo, mas estava longe. Fica para a próxima.

Qualquer avaliação mais profunda do time ainda é precipitada.
Logicamente, ainda há muito o que aprimorar e o caminho será difícil no Pré, mas gostei da impressão inicial.
O Huertas é outro jogador (realmente cresceu muito) e o Splitter parece já buscar se impor como a "opção preferencial" no ataque.
Também fiquei feliz ao constatar que Marcelinho está fazendo direitinho suas sessões de eletrochoque para se controlar nos arremessos. Muito bem!
Por outro lado, não gostei do Duda e algo me diz que isso é definitivo (espero estar errado, rs).
Quanto a Baby, Tavernari, Fulvio, JP e outros ainda vacilantes, ainda mantenho o otimista voto de confiança, pois a tendência é a melhora geral com o restante dos treinamentos e os amistosos na Europa.
Não podemos deixar de assinalar que esse foi apenas um amistoso inicial, com muitas trocas e experiências, o que sempre prejudica um pouco o rendimento da equipe e "quebra" o ritmo de alguns jogadores, que saem da quadra mesmo quando estão jogando bem.
Tudo isso é necessário e precisamos entender. Não vale sair descendo a lenha no time agora.
O Moncho me pareceu bem à vontade e com o respeito do grupo.
Parava o jogo sempre na hora certa e passava muitas instruções.
O time já joga diferente.
Isso é muito importante.

Artur disse...

Falando de NBA:

Acho que nao teve nenhuma grande surpresa no draft de ontem, ate porque eram poucos os nomes de impacto.

Em relacao as trocas, Jermaine O´Neal por TJ Ford ja era esperada e acho que o Indiana esta comecando a fazer um bom trabalho de reconstrucao do time (apesar de ter achado ruim a troca que fizeram com o Blazers, trazendo Brandon Rush por Jerryd Bayless). Para o Toronto fica a promessa de um frontcourt forte de Bosh e O´Neal juntos, se jogarem mais de 40 partidas cada um...

Em relacao a troca do Richard Jefferson, claro que a intencao eh liberar a folha salarial para trazer LeBron para os Nets em 2010, juntamente com a mudanca do time pro Brooklin. Quem se ferrou foi o Vince Carter, mal carater extremo, que vai ficar jogando num time fraquinho fraquinho. Pro Bucks, acho uma otima aquisicao, mas ainda faltam algumas pecas e despejar alguns salarios para ser um time mais competitivo.

Abracos!

pedrosantangelo disse...

Até que gostei do jogo, acho que pra estreia e pelo pouco tempo de treinos até agora, a movimentação foi boa, principalmente no primeiro tempo.
Splitter jogou muito, o que mais gostei foi ver sua vontade, enterrando várias bolas, até se jogou pra tentar roubar uma bola proximo ao meio da quadra...
Gostei muito do Huertas também, jogou calmo, bom arremesso, bons passes, e o principal, conseguiu arrumar o time. Fulvio até que individualmente não foi mal, acertou umas bolinhas, mas foi claro que o time ficou bem mais desorganizado quando ele tava armando, muito diferente de quando era o Huertas.
Marcelinho também foi muito bem, arremessou poucas bolas, não deu uma de maluco e conseguiu ser eficiente, gostei.
Me decepecionei um pouco com o Tavernani, tava querendo ver o cara jogar, nunca tinha visto, mas não gostei muito não, achei ele meio pesado e tava mal nos arremessos, espero que tenha sido só um jogo ruim e que ele melhore.
O Baby que não dá pra entender, um cara daquele tamanho e forte daquele jeito não pode ser tão limitado ali no garrafão, ele eu acho que não tem mais jeito, mas pode ser uma boa opção pra marcar um pivô do porte físico dele.
Duda jogou muito mal, tanto no ataque quanto na defesa. tem que melhorar muito até o pré, tomara que seja só nervosismo com a estreia mesmo.
Não gostei muito do Alex ontem, acho que ele tava meio apagado, mas sempre gosto da raça que ele joga. E uma observação, que arremesso estranho essse do Alex, heim?!

Tá certo que a Venezuela é um time fraco, mas até que pra uma estreia foi um bom jogo, agora é torcer pro time continuar evoluindo cada vez mais. Será preciso.

Abraços

breno disse...

Gostei muito do Huertas, Machado, Spitter e Fulvio(esperava muito menos, jogou muito bem)

péssimos: Duda (não da pra jogar na seleção), Tavernani (espero que o motivo seje o nervosismo da estreia...

Anônimo disse...

A seleção brasileira jogou muito mal, só ganhou por que a seleção venezuelana jogou pior ainda!
Abs aos q salavaram como splitter, marcelinho, huertas.

Anônimo disse...

A torcida muito ausente no estadio.. um torcedor foi o animador e rolou até umas holas...
vamos prestigiar hj galera... entrada franca..... ABs

Anônimo disse...

Um torcedor foi o animador não... um vascaino lá tentou, mas tomou foi uma vaia quando gritou o nome do Eurico
ahuahuahuahuahuahua

Luiz Guilherme disse...

Obrigado aos que respeitaram minha opinião e aos que não: desculpa, mas se todos tivessem a mesma visão do jogo, não precisaria de técnico.

Luiz disse...

Antes de tudo,parabéns ao novo técnico. Já se pode ver um time buscando a executar táticas de ataque ( a defesa ainda está confusa e sem postura). Lembram que falei sobre "INTESIDADE" ? Tenho certeza que agora Anônimo entende o que falei. Quando o Moncho mudou alguns elementos no final do primeiro período, a "coisa" ficou com cara das peladas do Campeonato Nacional. "Dá pra mim que eu tasco".Com isso, o equilíbrio defensivo foi pro espaço, e tomaram logo duas chegadas venezuelanas sozinhos.Há uma ânsia no Tavernari e no Duda(muito mais) tão grande que eles acabam por bloquear o que é lógico. O que houve com a agressividade do Marcus? Não é mais o mesmo.Não está sendo um perigo para o adversário. Muito menos o JP Batista. Está indeciso.
Mas, tudo isso é muito melhor do que depender de "estrelas". Gostei do trabalho. As falhas são de "fundamentos" pessoais. Marcelinho é muito fraco defensor.Sempre foi. O Duda ainda poderá corrigir essa necessidade.Falo isso pq seu irmão joga basquete profissionalmente, por isso, conhecer todos os fundamentos é a sua obrigação. No mais , gostaria de repetir o que um velho técnico americano sempre falou - BASQUETEBOL É UM JOGO DE PASSES. SE VC NÃO SABE PASSAR, ENTÃO NÃO SABE JOGAR- pensem sobre isso.

Anônimo disse...

Não vou falar daqueles que poderiamos ter, mas sim daqueles que temos a disposição e jogaram ontem.

- Huertas, Machado e Splitter: aprovados.

- Alex: estava meio disperso, mas certamente estará no grupo dos aprovados acima.

- JP: sem ritmo e sem leitura do jogo. Vamos torcer que melhore.

- Baby: sem ritmo e sem agressividade. Vamos torcer que melhore.

- Fulvio: regular. Deixou a desejar na leitura do jogo.

- Ricardo: quando fez o se espera de um jodador da posição dele, regular; quando forçou bolas de 3, reprovado. Salvo engano, até converteu uma bola de 3, mas em nenhum momento foi a melhor opção de jogada diante da movimentação ofensiva da equipe. Esse exemplo evidencia exatamente um dos pontos que o Moncho terá que trabalhar exaustivamente na equipe.

- Murilo: ficou claro que está sem ritmo e em alguns momentos até disperso. Só que mesmo jogador sem ritmo não erra as bolas de "bandejinha" que ele errou. O Moncho tem que colar nele e dizer o seguinte: "meu filho, ou vc vai com determinação e agressivadade para finalização, ou pede para sair...". Ontem foi reprovado, mas tem potencial para estar no grupo dos regulares acima.

- Marcus: ontem foi absolutamente reprovado para uma seleção principal, mas tem potencial para estar no grupo dos regulares acima.

- Tavernari: ontem foi reprovado. Nunca tinha visto ele jogar. Assim, não tenho como opinar se ele pode estar no grupo dos regulares acima. Em alguns momentos pareceu muito nervoso...coisa de primeiro jogo....em outros momentos, parece que enfiou uma mascara, tentou resolver sozinho, principalmente nas precipitações dos arremessos de 3, as quais em nenhum momento foram a melhor opção de jogada diante da movimentação ofensiva da equipe. Esse exemplo evidencia novamente um dos pontos que o Moncho terá que trabalhar exaustivamente na equipe.

- Duda: ontem foi totalmente reprovado. Estava muito nervoso. Assim, não consigo ter certeza se ele tem condições de estar na seleção principal.

PS1: Moncho, para o primeiro jogo, aprovado. Vamos ver os proximos jogos.

PS2: Uma pena não ver um jogo da nossa seleção principal com o ginásio lotado...

Anônimo disse...

Sobre o ginásio quase vazio tenho somente a lamentar a falta do público é claro e a falta de visão da CBB. Diz aí por quê colocar o jogo da seleção que precisa de moral no Maracanãzinho? Digo isso porque a proópria CBB é a responsável por esse mal momento do nosso basquete (Desde o final de 97)É lógico que não vamos lotar com 30 mil pessoas um ginásio para ver uma seleção que perdeu a vaga em Las Vegas do jeito que perdeu (Com direito a Nezinho não entro, Leandrinho não falo, e etc). Acho que a CBB deveria ter procurado um menor ginásio para esses amistosos.

SANDROSAMPA disse...

Sobre o Draft saiu ganhando Bulls que pegou o excelente Derick Rose.
Embora a maioria diga que o Besley que foi para o Heat como jogador já pronto;
Na minha opinão Derick Rose com sua qualidade na armação mas que também sabe definir jogadas pode melhorar rapidamente uma equipe.
E se o Bulls derem espaço para ele de imediato ainda terão duas ótimas moedas de troca:Ben Gordon e Hinrinch.
Olha aí se o Suns precisa de um armador na posição 1 para descançar ainda mais o Nash Hinrich pode ser um opção.
Pena que o Bulls não fal de levar o LB.
Gostaria de saber porque o Boston não pegou o Chris-Douglas Roberts

Quanto ao amistoso para 1º jogo duas coisa foram muto boas.
A disposição defensiva muito firme diferente de outros tempos, com obdiência ao que tecnico determina.
MAs o que mais gostei foi da postura exigente do Moncho, nada de oba oba.
Gostei dele chamando a atençaio do Duda e do time para não enfrentarem a defesa adversária e usarem mais os passes.

Para sonhar com a classificação precisa manter essa seriedade
Parabens ao MOncho.
Quanto ao time , nada pessoal mas o Duda, ainda não é jogador dde seleção pré-olímpica.
E o que dizer do Baby?

jdinis disse...

Concordo com a observação do "anônimo", sobre o risco da marcação dos jogos para o Maracanãzinho. Fui assistir aos jogos preparatórios do último Mundial contra a Nova Zelândia, com o time incluindo alguns dos atuais desertores, e o Tijuca TC (que é MUITO menor) não lotou. Acho que jogar para ginásio vazio desistimula os jogadores e a própria torcida, ou seja, não cria clima positivo. Espero que hoje mude.

Com relação aos jogadores, algumas observações:

- O Marcus Vinícius, que acho bom jogador, esteve pouco tempo em quadra. Como ele andou tendo problemas físicos nos treinos e, no aquecimento, não o vi enterrar (algo que faz muito bem), pode estar sendo poupado. Acho que não se pode criticá-lo sem melhor observação.

- O Tavernari estava mal nos arremessos durante o aquecimento e manteve durante o jogo. Não acho que precipitou bolas, pois, apesar de diversas tentativas (erradas), foram todas equilibradas e com o time posicionado para o rebote. Pode ter sido nervosismo. Ainda sobre ele, parece pesado e com pouca movimentação e agilidade, apesar da juventude.

Acho o Ricardo Probst MUITO baixo para atuar no pivô em nível internacional. Ele se esforçou muito mas reparei que, quando embaixo do aro, dificilmente vai direto para a cesta, sempre tentando a finta (e contra jogadores não muitos altos da Venezuela). No Pré, contra "gigantes" e tendo seu jogo marcado, não acho que vai funcionar.

Abços.

Clóvis Rafael disse...

Bom depois de ler opiniões alheias, vou escrever a minha!!!!

Primeiramente quero dizer que para um primeiro jogo, BRASIL foi muito bem, apesar da Venezuela ser fraquinha... Mas eu tenho certeza que esse time vai crescer jogo-a-jogo!!!! Basta ver a seleção do sul-americano, começou perdendo tudo na COPA CARRANZA, e no SUPER FOUR está batendo todo mundo... Isso é normal em começo de preparação!!!!

Sobre os jogadores ontem, vamos lá:

- SPLITTER: Mostrando que é um fenômeno, que jogador igual ele não surge assim... Jogando sem forçar muito fez um DD(20ptos e 10rbts). Para mim ele vai ser um dos pilares dessa seleção no pré-olímpico!!!!

- HUERTAS: Mostrou que vem numa crescente e está demonstrando pq times da espanha estão loucos para contratá-lo... Mostrou boa leitura de jogo, acelerou e cadenciou em momentos corretos, e sempre que possível definiu e bem as jogadas!!!

- MARCELINHO MACHADO: Mostrou maturidade ontem no seu jogo... Todos sabemos do seu potencial para pontuar e definir jogadas, mas sempre fazia de forma precipitada e em momentos ruins... Ontem ele fez tudo ao contrário, sempre definindo em momentos corretos e quando não dava deixava um companheiro em melhor situação!!

- ALEX GARCIA: Foi muito bem na defesa, mas me parece ainda fora de ritmo e um pouco lento, em comparação ao jogador que conhecemos... Talvez fruto de início de trabalho!!!!

- JP BATISTA: Apesar de muitos acharem que ele foi mal... Taticamente ele foi bem, fazendo a parede pro SPLITTER pegar os rebotes defensivos e não errou nenhum lance-livre!!! Está mais fino e mais ágil, só precisa ser mais efetivo no ataque, ou seja, tem que confiar em seu potencial!!!

- FÚLVIO: Em termos de pontuação entrou bem... Mas na armação deixou a desejar, conduziu demais a bola e demorava dar os passes, talvez por ter chegado depois, esteja ainda se entrosando com o grupo.

- TAVERNARI: Me pareceu nervoso, cometendo erros infantis no ataque, mas foi firme e constante na defesa... Me parece um pouco lento, quem já viu ele na BYU sabe que ele pode render bem mais!!!!

- MARCUS: Mal, muito mal... Entrou e saiu e ninguém percebeu sua presença em quadra!!!

- DUDA: Também nervoso, precipitou demais nos arremessos e na condução de bola... Tem que aprender a passar essa bola, e saber o momento correto de definir a jogada. Não foi tão mal assim na defesa, mas pode melhorar. Vamos esperar sua evolução nos próximos jogos!!!

- PROBST: Entrou razoavelmente bem na defesa, pode melhorar e mostrar mais... Sabemos de seu potencial. No ataque achei ele meio precipitado, tentando arremessar de 3ptos, apesar de chutar bem do perímetro, fazia isso sem ter alguém para seu rebote!!!

- MURILO: Fisicamente é o que está mais longe do ideal... Me pareceu lento e perdido em quadra, em alguns momentos, mas conhecemos seu potencial e pode ser aquele jogador que dará bom respaldo ao SPLITTER... Vamos ver sua evolução!!!

- BABY: Meio fora de ritmo de jogo(já que estava parado a 4 meses), mas foi o mais empenhado em quadra, pegou bons rebotes ofensivos e vai ser muito importante no Pré-Olímpico... Necessita tomar cuidado com o excesso de faltas... Tem mais potencial do que demonstrou!!!

- MONCHO: Demonstrou respeito a nação que o acolheu, e mais ainda mostrou que é mais competente que os nossos treinadores nacionais... A seleção brasileira me parece com cara de time de verdade, com boas jogadas táticas e com uma defesa mais intensa, que necessita ainda de ajustes... Mas confio no ESPANHOL, ele provavelmente vai nos levar as Olimpíadas!!!