segunda-feira, 9 de junho de 2008

GUILHERME FORA DO PRÉ-OLÍMPICO


Guilherme / Foto: CBB

Guilherme Giovannoni é mais um a pedir dispensa do grupo que vai ao Pré-Olímpico. O ala teve uma conversa com Moncho Monsalve e confirmou nesta segunda-feira que vai se dedicar a questões relativas à gravidez de sua mulher. Por isso, alega não ter cabeça para a seleção neste momento. O motivo alegado é perfeitamente compreensível. Com isso, já são três os cortes no grupo do Pré, podendo aumentar para cinco (com Paulão e Leandrinho).

Só para confirmar: no treino de domingo, Moncho me disse com todas as letras que, caso o Brasil se classifique para a Olimpíada e ele ainda seja o treinador, Anderson Varejão estará fora do grupo. Aliás, ele e qualquer outro que não jogar em Atenas:

"Se conseguirmos a vaga, quem jogou em Atenas vai jogar em Pequim. Sinto muito. E espero que o presidente Grego nunca me peça para incluir jogadores. Se pedir, vou para minha casa".

A decisão é polêmica, tendo em vista que a seleção sempre precisa de talento. Mas concordo com o treinador. Incluir nomes novos, por melhores que sejam, pode gerar uma crise interna.

28 comentários:

cibele disse...

Ele tá mais que certo. Imagina se nos classificamos. Isso quer dizer que o grupo, como um todo, se esforçou. Ai vai ter que trocar um jogador que deu duro, que trabalhou, que está em forma por um que é o contrario de tudo isso.

leo aracaju disse...

Se o Brasil se classificar, o grupo das olimpíada deve ser o mesmo do pré.

Também concordo com o Moncho.

obs: o giavononi não faz falta. Depois das atuações passadas dele, é até um reforço a sua ausência.

jdinis disse...

Infelizmente acho que esse é um problema que não vamos ter (chamar ou não atletas que não foram ao Pré para as Olimpíadas).

Espero e torço para estar errado.

Em tempo: tecnicamente o Guilherme faz falta sim, quanto ao lado da união do grupo não sei.

Marcelo Marques disse...

parabens pela declaração do tecnico

é esse comportamento q vai levar o brasil pra olimpiada

Artur disse...

Finalmente um reforco pra nossa selecao!

Abracos, Artur

Anônimo disse...

Rodrigo,
Fiquei com uma duvida com as declarações do Moncho primeiro dizendo que o caso do Nênê ele ja esperava que não iria pro pré por causa do problema de saude que teve a alguns meses atras. Depois ele disse que só iria pra Pequim quem fosse pro pré e citou o Varejão como exemplo (concordo com o Moncho 100%)nada contra o Varejão até gosto do jogo dele e respeito a decisão mas o Moncho fez certo. A pergunta é se caso o Nênê alegue que esteja bom na olimpiadas o Moncho abriria excessão para ele, ja que entende que o caso dele é diferente dos demais ou nao vai ter excessão?

André

Marcelo disse...

Diante da situação da seleção, acho que o Guilherme faz falta sim.
Quanto à posição do Moncho, concordo plenamente. Se os caras conseguirem esse milagre que é a classificação, merecem a convocação pra Pequim.
E como a gente é brasileiro e não desiste nunca, não custa sonhar.

Anônimo disse...

Brasil nas olimpíadas? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
ahahahahahaahahahahahah
huahuahuahuahuahuahuahuahua

É mais fácil o Líbano se classificar...

Mad disse...

Vamos estar fora mais uma vez de outra Olimpíadas......e merecemos estar de fora e esta geração perdeu uma boa chance de nos representar....precisamos aprender um pouco mais com nossos hermanos....chega de mercenário!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Mad, realmente precisamos aprender com nossos hermanos.
Principalmente em relação ao apoio que eles dão aos jovens jogadores, ao contrario da CBB.

Quanto a Moncho está certo, mas tem ser ao pé da letra, não importe o motivo de quem não esta no Pré Olimpico.

Abs

Alexandre Reis

Pedro Trindade disse...

tambem acho que nao vamos nos classificar, apesar de que irei torcer pra estar errado...

mas agora queria ouvir a opinião da galera com relação a uma questão... digamos que por um milagre o Brasil se classifique para Pequim e por um azar um jogador X que jogou o pré se machuque e não possa jogar... Vocês chamariam um jogador que nao havia sido convocado ou um cara da NBA ?

eu, como jogador, ja passei por decisões desse genero e sei que é delicado pra caramba.

abracos

Anônimo disse...

Será que agora ele chama o Márcio Dornelles, ou vai chamar o louco do duda.

Alfredo disse...

Sobre a questão de não incluir mais ninguém para as Olimpíadas, se passarmos, estou de acordo com o Moncho e contigo Rodrigo.

Os jogadores devem servir a seleção brasileira e não a seleção brasileira servir os nossos jogadores.

Disputar um torneio curto como o Pré-Olímpico é um sacrifício mínimo para quem realmente deseja disputar as Olimpíadas.

Aliás, a atitude do Moncho seria imaginável com a última comissão técnica.

Marão Caetano disse...

Eu acho que o ideal agora ia ser chamar o Tavernari. Se ele for chamado, eu acredito realmente que foi bom o Guilherme não ir para a a competição.

Quanto à questão do pedro trindade, as vezes o jogador contundido nem faz falta, então tanto faz; mas ele deveria chamar alguém de fora do grupo que recusou a seleção, mesmo porque eu acredito na classificação do time, mas não acho que seja um jogador da NBA que vá levar a equipe ao título mesmo. Então pelo menos ele mostra que é um técnico sério. Talvez devesse chamar alguém do grupo daquela convocação menos importante (a que o Tavernari está por enquanto).

Alfredo disse...

Em tempo, se essa seleção conseguir a classificação para as Olimpíadas, até pelo quesito técnico se justificará a não convocação daqueles que estavam presentes em Las Vegas e que não vão participar em Atenas. Rs.

João Carlos disse...

O Giovannoni é mais um que só sabe chutar, chutar e chutar. Na defesa, não consegue segurar ninguém. Ao lado do Machado, deixa o time mto fraco nesse ponto. Que venha o menino da Ncaa.

Anônimo disse...

Se depender de torcida de peso o Brasil já obteve a vaga para a Olimpiada.
Temos uma equipe inteira torcendo no banco da sala: Leandrinho, Guilherme, Varejão, Nenê

Marexal disse...

O Giovanoni é um guerreiro, foi mal nesse último pré, mas o lula botava ele de pivô!!! Meteu uma bola de três no melhor momento do Brasil contra aquela argentina B, jogando na 3. Essa passa a ser a nossa maior carência, mas por outro lado abre caminho pra um cara novo. Ou será que vamo de Huertas, Machado e Alex?! Eu acho que fica meio baixo e sem uma ajuda efetiva aos pivôs no rebote.
Ah, falando em Rebote: o site tá de parabéns com a série de reportagens que vem fazendo sobre a seleção. O esquema tá diário, luxo pra nós que temos a chance de ver o nosso time uma vez por ano. O legal é que eu vejo aqui como tem gente que gosta e entende de basquete nesse nosso Brasil!

Gustavo disse...

"O ala (...) confirmou nesta segunda-feira que vai se dedicar a questões relativas à gravidez de sua mulher. (...) O motivo alegado é perfeitamente compreensível."

Rodrigo, o assunto é pessoal do jogador, mas você sabe se é uma garvidez de risco? Fico lembrando de Jorginho e Bebeto na Copa de 94, se eles não tivessem ido, não teríamos a comemoração do "nãna-neném" ... e nem muito menos o Tetra.

Rodrigo Alves disse...

Não sei se é de risco, Gustavo, mas é algum problema relativo à gravidez. Espero que não seja nada sério, e que o Guilherme possa curtir o momento com a esposa.

Acredito que ele seria importante, sim, para a seleção. Mas família é família, alguns problemas pessoais estão acima de qualquer outra coisa. Abraços!

Anônimo disse...

Tô com um presentimento de que MM Crazy Shooter vai arrebentar nesse pré olímpico e teremos todos que reconhecer isso!

Anônimo disse...

hahaha

Anônimo disse...

É inegavel que o nivel da seleção cai muito com os desfalques de Varejão, Nene e Leandrinho, jogadores já respeitados na NBA. E só vejo um motivo que faria o basquete brasileiro conseguir voltar as olimpiadas com esse time, que é justo o motivo dos nossos recentes fracaços, a união. Só se esse grupo tiver muito unido e jogando um basquete coletivo equilibrado e com raça conseguiremos essa vaga, e seria muito gostoso ver isso, mesmo que o Brasil não se classifique ficarei feliz e orgulhoso se ver essa seleção com tantos desfalques jogando unida, com raça e equilibrada.

Ricardo "Tio Zeca" Stabolito Jr. disse...

Moncho está certo. É uma questão de merecimento. Quem leva para Pequim, joga em Pequim. Algo q tb vale para o técnico.

No entanto, no caso de uma classificação do Brasil, acredito q o Grego vai pressionar para q seja levada nossa "força máxima".

Abraço!

eZ disse...

Realmente, se o Brasil se classificar, nossa. . um cataclisma irá acontecer!!!!

Apesar de eu continuar achando as chances remotas.

Alfredo disse...

Varejão pode ainda acabar se apresentando?
http://www.zwire.com/site/news.cfm?newsid=19759672&BRD=1699&PAG=461&dept_id=46370&rfi

Acho que só as declarações do Moncho já surtiram um efeito positivo de chamar a atenção das estrelas.

Aconteceu com o Leandrinho e, agora, aparentemente, com o Vareja.

Podem até não jogar, mas a postura já é outra...

Ricardo disse...

É muito triste ver que os problemas não param de aparecer, ainda mais quando o Pré está aí.

Vamos ser realistas: o Brasil não ganhou no Pré-Olímpico das Américas nem de Porto Rico nem da Argentina, que estavam naquele campeonato com times bem inferiores a alguns times europeus... E com uma equipe incompleta assim, nem vale a pena mais para o Brasil tentar. E eles, como sempre, começam a treinar tarde demais, um time sem entrosamento não consegue surpreender, nem se o Phil Jackson for o técnico. Quero ver depois culparem o Moncho, que para mim é mais vítima...

Rafa disse...

http://video.globo.com/Videos/Player/Esportes/0,,GIM839197-7824-OSCAR+FAZ+DURAS+CRITICAS+AOS+BRASILEIROS+DA+NBA,00.html
Assistam...