quinta-feira, 26 de junho de 2008

TROPA DE CHOQUE À ESPERA


Manteiguinha / Foto: CBB

Com 23 pontos do armador Manteiguinha (foto), o Brasil derrotou o Uruguai por 78-65 na abertura do Super 4, que antecede o Sul-Americano. É um resultado importante para dar moral à equipe de Paulo Chupeta, que havia tropeçado no Chile e na Argentina. Antes do jogo, passei quase toda a tarde desta quarta-feira com Wlamir Marques, que veio ao Rio e gravou para a ESPN uma ótima entrevista com Moncho Monsalve. No papo, o mestre levantou um ponto que vinha passando despercebido: se o Brasil não ficar entre os quatro melhores do Sul-Americano, não se classifica para a Copa América e, conseqüentemente, fica fora do Campeonato Mundial de 2010.

Melhor nem pensar em tal tragédia, né? Bem, é melhor pensar, sim. Tanto que a CBB guarda na manga um plano de emergência: caso os amistosos indiquem que o time vai correr riscos no Sul-Americano, alguns jogadores do grupo do Pré-Olímpico podem formar uma tropa de choque para ir ao Chile salvar a pátria. Quase todos estão inscritos na competição continental, e os possíveis escalados jogariam também o Pré. Cá entre nós, para
o bem dos dois torneios, tomara que a gente não precise disso...

6 comentários:

Gabriel Galvão disse...

Agora, mas que calendariozinho vagabundo esse do basquete Fiba hein !

Como pode o Pré Olímpico ser colado a Sulamericana que vale vaga no Mundial !?

Anônimo disse...

Calendário ruim e planejamento CBB pior. O sulamericano poderia servir de preparo para o pré!

jdinis disse...

Concordo inteiramente sobre o absurdo do calendário, tremenda falta de planejamento!

Também acho uma temeridade misturar as duas seleções. Não estamos tentando organizar as coisas, dar padrão tático, etc ? Seria um contrasenso e espero que não se faça necessário.

Imagine então colocar o Duda para jogar na seleção do Sul-americano, sem treinamento e entrosamento. Iria ser um festival de "pombos loucos"!

Um fato que também me preocupa nos jogos da seleção do Sul-Americano é o aproveitamento aparentemente ruim (ao menos nas estatísticas divulgadas - pontos e rebotes) dos jogadores mais jovens e esperanças para o futuro, como Hátila, Gruber e Cipolini.

Abços.

Clóvis Rafael disse...

Uma coisa eu digo, se colocarmos dois armadores todos os jogos, vamos vencer!!!! Isso mesmo, ao invés de usar um armador e um ala... No quinteto titular trabalhar com Hélio e Manteguinha!!!!

Além disso, acho que falta ainda entrosamento entre os jogadores da NCAA, com os dos campeonatos nacionais!!!

Mas vamos com calma, que eu acho que temos totais condições de chegar entre os 4 primeiros... Isso provavelmente não ocorrerá!!!!

Um abraço galera!!!!

Anônimo disse...

segundo o site da federação chilena o jogo teve briga

e três jogadores de cada lado foram expulsos e naum cita quais são os jogadores

display disse...

Qualé moçada?!?!
Q história é essa de helinho e manteiguinha??
Tão malucos???
De perna curta nós já tamu cheios.