sábado, 21 de junho de 2008

PAULINHO CHEIDDE




Como se o basquete brasileiro precisasse de notícias ruins, o ex-jogador Paulinho Cheidde morreu na quinta-feira, baleado na porta de sua casa, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. Ele estava com a namorada e foi atingido no peito por um assaltante. Chegou
a ser levado para um hospital, mas não resistiu. Os bandidos
que fizeram o assalto continuam foragidos. Cheidde jogou por Corinthians, Grêmio Barueri, Ribeirão Preto e Campos, entre outros, e chegou a vestir a camisa da seleção nos anos 90. De positivo, o fato de vários leitores terem lembrado do ala nas caixinhas ou por e-mail. Fica, então, o registro e a homenagem.

6 comentários:

Alexandre Estefan disse...

Paulinho honrou a camisa do Campos e foi um dos pilares do crescimento do basquete na cidade.
Jogava com vontade, muita raça, não tinha uma boa defesa, representava o basquete brasileiro dos anos 90, onde os pontuadores chutavam todas de 3 e fazia isso com uma grande qualidade.
Um grande atleta.

CYRO disse...

JOGAVA MUITO!!!!!!

Anônimo disse...

Aqui em Campos todos amantes do basquete estão de luto. Honrou a camisa de ACF Campos e foi um grande idolo.

Osama Lakers disse...

Grande perda - quem acompanha o basquete nacional não pode deixar de sentir muito a partida precoce (e trágica)de Paulinho Cheidde.

Fiel disse...

Porra, triste noticia mesmo, fiquei chocado na hora, apesar de cada vez mais essas coisas serem normais, nao da pra se acostumar. Nao conhecia a pessoa em si, apesar de parecer ser um cara bacana, mas acompanhei boa parte de sua carreira, inclusive ao vivo, qdo ele atuava no Corinthians! Agora é orar por ele !

Laura disse...

É uma grande perda!, Ficamos sem um exemplo de homem digno e de um atleta respeitável!