quarta-feira, 11 de junho de 2008

A FRIEZA DO CRAQUE


Kobe Bryant / Foto: NBA

Os uniformes dourado e verde, sem dúvida, tornam a final entre Lakers e Celtics ainda mais clássica. Mas a temporada poderia ter ficado cinza para o time de Los Angeles na terça-feira. Pois caiu nas mãos de Kobe Bryant a missão de dar novas cores à decisão da NBA. E ele pintou o sete. Com 36 pontos, sete rebotes, muita frieza e um punhado de cestas fundamentais na reta final, o craque garantiu a vitória por 87-81 e reduziu a vantagem do Boston no confronto para 2-1.

O time visitante sentiu a péssima atuação de Paul Pierce, que vinha sendo o grande nome da série. O ala errou 12 dos 14 arremessos que tentou. Quem segurou a onda pelos verdes foi Ray Allen, com 25 pontos, mas marcar Kobe no um-contra-um no minuto final foi demais para ele. E o melhor jogador decidiu.

A exemplo de Leon Powe no jogo 2, a terceira partida também teve um herói improvável: Sasha Vujacic, com 20 pontos, muitos deles em momentos importantíssimos. Gasol também brilhou, principalmente com rebotes ofensivos na reta final. E agora, para o bem do basquete, temos uma série equilibrada.



O Boston Celtics vinha sendo uma pedra no sapato de Kobe Bryant ao longo da temporada. Na hora em que os Lakers mais precisaram, contudo, o craque apareceu e decidiu a parada.



Herói nos dois primeiros jogos, Paul Pierce teve atuação ridícula na terça-feira: seis pontos e apenas dois arremessos convertidos em 14 tentados. Desse jeito, fica muito difícil.

13 comentários:

Dinho disse...

o Vilão para Lakers foram Odom, o kara tá amarelando..sua jogadas estão ficando manjadas..pow meu arriscar do perímetro não precisar toda hora ir igual touro descontrolando para dentro do garrafão!

Luiz Guilherme disse...

O sasha não só arremessou bem como se movimentou muitíssimo bem... ..se ele jogasse assim toda partida, mereceria a posição de titular SEMPRE.

Renato disse...

Paul Pierce: jogou mal mas está com o joelho visivelmente baleado. O arremesso dele sai curto porque a impulsão está prejudicada. Ou sai longo porque ele tenta compensar no braço e erra a medida.

Vilão: pra mim é o Kevin Garnett, ponto. Ele fica no ataque insistindo nesses arremessos lá de longe no perímetro, erra 8 ou 9 seguidos, e aí vão dizer que é azar? Ataca o aro, meu filho, cava falta!

KG v2.0: Além disso, no final do jogo, não consegui entender o que ele foi fazer lá no *meio da quadra* dobrando a defesa no Kobe Bryant, deixando o resto do time no 4 contra 3 que resultou em um tiro de 3 pontos do Lakers, do cantinho da quadra, que praticamente matou a partida.

KG v3.0: Pra piorar as coisas, no ataque final do Kobe Bryant que matou o jogo, kobe bryant no meio do garrafão, aí *ninguém* dobra em cima dele?!?! Deixam o coitado do Ray Allen sozinho? Cadê o seu Kevin Garnett nessa hora?

PJ Brown: finalmente vi um jogo ruim dele, mas dada a sequencia de jogos bons que ele vinha tendo, está perdoado.

Vujacic: finalmente alguém ali disse a que veio. Agora só falta o Lamar Odom, o Radmanovic, o Luke Walton, o Turiaf, o Farmar e o Trevor Ariza também justificarem a presença neste time. Está pequena a lista. Phil Jackson é um gênio pra ganhar com um time desses.

Anônimo disse...

Bom dia, gostaria de fazer uma pergunta nada a ver com o assunto, se o time masculino dos E.U.A ja tem os nomes que iram a Pequim, ouvi dizer esses dias que eles tinham uma lista com algo em torno de 30 nomes, nao sei se alguem saberia me dizer quem sao os jogadores. obrigado!!!

Osama Lakers disse...

Olha, só o fato do Gasol pegar os rebotes é que deve estar impedindo o Phil de trocá-lo pelos Bananas de Pijamas (e ainda dar troco, claro). O que está acontecendo com ele? Está amarelando de forma progressiva, diminuindo a pontuação a cada jogo!

Esqueceram de dar o rebite pro Pierce aguentar o jogo? Na boa, com aquela torção di jogo 1, só turbinadérrimo para jogar tanto em 2 partidas seguidas - aliás, o mesmo que aconteceu com o Rondo no jogo de ontem...

E a arbitragem está resolvida a ter presença marcante, de tão ruim! Que arbitragem mais patética - teve horas em que parecia futebol americano ou vale-tudo e nada dos caras apitarem! Teve até um lance em que o Gasol recebeu uma chave de braço no arremesso!

Enfim, vamos esperar o próximo jogo... Go Lakers go!!!

Ricardo disse...

Só resta saber até quando o Paul Pierce ficará apagado, pois com ele jogando o seu normal, o Lakers não terá a facilidade que teve ontem. Ótima atuação do coadjuvante Sasha Vujacic, espero um pouco mais do Radmanovic... É muito importante também que o Gasol e o Odom participem mais!

Clóvis Rafael disse...

Posso ser sincero????? Kobe é fenômeno, mas uma andorinha só não faz verão!!!!

Eu cravo que desses 3 jogos em Los Angeles, Boston vence um... E decide a parada em BOSTON!!!

Eu sinceramente acho que vai ser 4x2 pro BOSTON!!!

Anônimo disse...

o Renato perdoa o PJ Brown e não o Garnett, só pq o PJ estavqa vindo bem nos outros jogos e o Garnett não ???
... a estrela não brilha todo dia meu caro !!!

Caio_SBC

Nf disse...

odom e gasol foram péssimos, no final que o gasol foi pegar dois rebotes ofensivos e converter em cestas.. mas precisam melhorar porque só kobe e sasha e o farmar tão jogando por lá...
no celtics a garotada foi mal la mas é verdade que nos momentos finais, pierce e garnet tão molhando as tangas.

Rodrigo Sodré disse...

Apesar do Lakers ter vencido, jogou extremamente mal. Kobe precisou jogar muito pra manter o time no jogo. O Celtics também fez um jogo horroroso, se o Lakers tivesse jogando o seu "Normal" era jogo pra meter 20 de diferença, e vice-versa. O fator x do jogo foi o Sasha "The Machine" Vujacic, que deu o único apoio consistente ao Kobe no jogo, enquanto no Boston apenas o Ray Allen apareceu em quadra. Acho que o Lakers vence todas em casa e vai pro tudo ou nada em Boston.

leonel disse...

Pessoal, ganhar três seguidas é muito difícil nesse nível. Se fizeram uma estatística desde que esse modelo foi criado teremos poucos exemplos disso acontecendo.

As únicas que eu me lembro foarm nas finais de 2006 e 2004 (mandante vencendo os três jogos).

Em 2004 o Lakers era juntado de jogadores famosos mas sem jigi coletivo.

Em 2006 o Dallas só tinha o alemão com cestinha de respeito.

O Boston tem três caras que podem conduzir a pelo menos uma vitória.

Anônimo disse...

Pra min a derrota do Celtics foi natural. O Lakers jogando em casa, tinha que fazer de tudo pra se manter vivo, no próximo jogo a coisa aperta. Apesar da vitória ainda acho que o Lakers não encachou seu jogo nas finais, nem Gasol nem Odom estão jogando, e pra min isso tem um porquê. O motivo é que o Celtics não deixa eles jogarem. No garrafão, Gasol tem nada mais nada menos que o melhor defensor da liga disputando com ele. O Garnet não fez cestas no último jogo, mas a média de rebotes dele é muito boa. Então, não é só questão do cara ir lá e jogar quando ele quer, o problema é que o oponente dele é superior. Acredito que isso vale para vários outros jogadores no elenco do Lakers. Na minha opinião a coisa mudou de figura ontem porque o jogador que pode equilibrar a diferença (Kobe é claro) entre os elencos jogou o que não jogou nos outros jogos, mas como disse uma amigo aqui, vai ter dias que se naum houver um Vujacic para auxiliá-lo, a coisa vai entortar pro lado do Celtics de novo.

Heverton Elias

Elemento disse...

Concordo em gênero, número e grau com o Heverton Elias acima. Quer dizer que se o Lakers não for o campeão (e eu acredito que não vai ser) é porque seus jogadores estão jogando mal? E a marcação do Boston, onde fica nesta história?