quinta-feira, 3 de julho de 2008

SOFRIMENTO, CAPÍTULO 2


Diego / Foto: CBB

Não vi o jogo entre Brasil e Chile na quarta-feira, mas confio nos relatos dos leitores e na análise do Balassiano no blog Da Linha dos 3. O placar, por si, já depõe contra a nossa seleção: ganhar dos chilenos por apenas um ponto, graças a um erro de lance livre no fim, não é nada agradável. Abrimos o Sul-Americano jogando contra os dois adversários mais fracos, e jogamos muito mal duas vezes. Agora vêm Argentina, Venezuela e Uruguai. Pode até ser que a equipe do Paulo Chupeta se recupere contra os grandes, mas nada apaga o fato de que, até agora, a trajetória é triste.

Aqui de longe, o que eu gostaria de saber é o seguinte: o que houve com Hatila e Cipolini, que tanto encantaram Moncho nos treinos e agora praticamente são cartas fora do baralho?

13 comentários:

Elder Franca disse...

O jogo foi pavoroso, parecia um episódio de "além da imaginação"! Pior mesmo foi ver um dos jogadores do Brasil (não sei qual) vibrar feito um louco quando o jogador do Chile perdeu o lance livre. Parecia que tínhamos ganhado a Medalha Olímpica. "Pavoroso" é a palavra certa! Um abraço a todos!

Anônimo disse...

o pior é que devemos comemorar... se tivessemos perdido hj, adeus copa américa. Porque de hoje em diante, são 3 derrotas seguidas.

Anônimo disse...

e era complicado se classificar pra olimpíada... agora pra gente é complicado classificar para a competicão pré mundial.. deus me livre

Alfredo disse...

Rodrigo,

Estou me fazendo a mesma pergunta do seu último parágrafo. Principalmente porque o Caio Torres vem tendo atuações fraquíssimas.

Você que acompanhou o Hátila Passos e o Cipolini, acha que os dois poderiam ser melhores opções?

Abraços,

Alfredo

Rodrigo Alves disse...

Não digo que Hatila e Lucas resolveriam o problema, Alfredo, mas eles treinaram muito bem aqui no Rio e certamente deveriam ter um papel de maior destaque.

Para se ter uma idéia, na véspera do anúncio dos jogadores do Sul-Americano que migrariam para o Pré-Olímpico, o Moncho me disse que seria uma noite difícil, porque ele tinha uma grande dúvida entre o Cipolini e o Ricardo Probst. Acabou escolhendo o Ricardo pela experiência.

E só não levou o Hatila porque o considera um jogador da posição 5, mas deixou claro que, mesmo jovem, ele já tinha bola para estar na seleção principal.

Pode até ser um certo exagero, mas daí a simplesmente limar os caras numa seleção que vem jogando mal no Chile, sinceramente não vejo sentido.

Abraços!

Anônimo disse...

Esse Hátila não entrou, mas o Cipolini não acertou uma bola.
O jogo de ontem mostrou porque precisamos de um técnico estrangeiro, o técnico do campeão nacional( ainda que o nacional do B)montou um time sem o menor padrão tático, um time de pelada.Colonese só pode estar entre os convocados porque joga no time dele. Tomou um baile dos pivôs chilenos, parecia juvenil.
Os breves momentos de lucidez devem-se a iniciativas individuais de Diego, Manteguinha, Hélio, Arthur, e Teichman que foram "compensados" com momentos de apagão mental dos mesmos. Apagão que se devia ao fato de a tática do jogo estar entregue aos jogadores, não havia movimentação coordenada.
Caio torres estava pavoroso e Drudi, apesar dos pontos e rebotes, errou muito mais do que acertou, parecia que ele achava que jogava na posição dois, de tantos jumps de média distância que tentou( isso em menos de um segundo após recebr a bola).

Anônimo disse...

Pedro Henrique

Tive o desprazer de assisitir ao jogo e comprovar aquilo que era o óbvio, o Chupeta em que pese ser simpático, não conseguiu dar e nem dará um mpadrão tático a sleçào brasileira, comandar um flamengo no campeonato carioca, e nacional com o time que ele tinha é fácil.

Agora, o Moncho virou Deus, ele falou, sew torna verdade indiscutivel, o Ciplone não jogou nada e o Hátila também deve não estar jogando, porque embora o Chupeta possa ter suas limitaçòes burro e cego ele não, é,para ver um jogador bom e não coloca-lo para jogar.
Já vou antecipar: se o Brasil não se classificar para no Pré, a culpa será dos jogadores,porque diferente das outras vezes,o técnco no momento é o novo Deus,só para lembrar o Uruguai ganhou da Venezuela de 18 pontos!!!!!

Texano disse...

Nem Cipolini nem Hatila são jogadores com nivel de seleção. São sim bons jogadores, mas longe de serem estrelas um dia. Hatila mesmo tem consciência disso. Não sei porque não está jogando, mas acredito que deva estar lesionado (é aquela coisa, offseason, temporada ficou lesionado um bom tempo...)

Anônimo disse...

Tudo bem que o técnico não ajuda. Mas no jogo de ontem podemos perceber que os jogadores não têm condições de defender a seleção. Erros grosseiros se sucediam. Não percebi também nenhum tipo de indignação do Chupeta. Parecia que estava tudo bem. Um grito ou "esporro" ao estilo Hélio Rubens poderia mexer com os jogadores. Parece que todos estão de favor lá.

Anônimo disse...

Um anônimo posterior ao Rodrigo disse tudo. Coloneze não mostrou a que foi. No Flamengo ele é realmente um dos melhores, mas não tem nível para a seleção. Ainda deu uma bordoada gratuita em um chileno.

Cipolini eu já desconfiava pelo fato de não ter tido oportunidades no Uberlândia. Ele foi uma negação, sem fundamento nenhum. Tomara que seja nervosismo.

Hátila eu vi por tapes no youtube, pareceu fraco também.

Agora, alguns jogadores mostraram que podem jogar razoavelmente bem: Hélio, Diego, Arthur, Teichman e William Drudi pareceu um quintento razoável. Caio Torres parece fora de forma, mas eu acredito em sua recuperação. A pergunta que não quer calar é: e o Luiz Felipe Gruber?

Sobre o Paulo Chupeta, eu não gostei realmente do fato de o time do Flamengo não jogar quando o Marcelinho não jogava. Entretanto, antes de o Flamengo ter esse timaço, ele fez um time mediano incomodar bastante... tomara que tudo seja uma questão de adaptação.

Anônimo disse...

Acabou o que para todos era óbvio! Mais uma derrota diante da Argentina. Dessa vez o jogo foi tão sonolento que nem fiquei com raiva! O time é muito ruim!!!

Anônimo disse...

COLONONEZI É PIOR JOGADOR DA HISTORIA A JOGAR PELO BRASIL

GRUBER,CIPPOLINI,MANTEGUINHA....ETC

É TANTO MERDA JUNTO Q É LOGICO PRA COMANDAR CHUPETA E O MATUZALEM BARBOSA


JÁ CONSEGUIRAM IR PRO MUNDIAL É MELHOR DAR W.O NOS PROXIMOS JOGOS E IR EMBORA PRA CASA O TIMINHO NOJENTO

Alfredo disse...

Acabei de ver VT do primeiro tempo do jogo contra a Argentina.

Hátila Passos jogou durante uns 5 minutos no segundo quarto, antes de machucar o joelho.

Não foi nenhuma Brastemp, mas já mostrou que não pode ficar apenas esquentando o banco nessa "seleção" brasileira.