quarta-feira, 9 de julho de 2008

BRASIL x AUSTRÁLIA: COMENTE AQUI

26 comentários:

Jonathas Waldhelm disse...

Vai Braaasil.

alguém ae tam link pro jogo?
transmissao m estatística, sei lá... x)

abraço

Anônimo disse...

alguem tem ao menos o boxscore?

Anônimo disse...

http://placaruol.uol.com.br/basquete/partida.htm

Jonathas Waldhelm disse...

valeu.!

Vinsanity disse...

Pelo amor de Deus, esse Murilo é muito fraco!!!
Agora eu sei pq o Macabbi liberou ele!
O Fulvio é isso mesmo, as cagadas dele não me surpreende!

cibele disse...

É, mas mesmo assim, vou torcer pro Fulvio melhorar e ficar tranquilo. Senão estamos ferrados, precisamos dele.

Anônimo disse...

Concordo com Vinsanity TOTALMENTE!!! Murilo precisa tomar um choque!!! Ele é alto, ágil, mas é muito mole! Uma lástima! Cá entre nós. O Nêne faz muita falta no garrafão Brasileiro, mas ele não está lá. Não adianta lamentar!

Marcelo disse...

http://pt-br.justin.tv/santoscampeaoclube

aqui ta passando

SANDROSAMPA disse...

Só agora o Ricardo Probst vem para quadra
Até quando JP será ainda titular

Moncho está preferindo manter um quinteto mas algumas peças como JP não funcionam

Marcelo Marques disse...

como disse o bira o 2 quarto comprometeu a partida mais eu gostei da reação da equipe

hj o nosso maior erro foram as 2 changes dadas a australia


mais ainda temos tempo pra melhorar e treinar isso

Alan de Faria disse...

quem jogou no segundo quarto? como foi o Ricardo? E o Splitter? Marcelinho comandou o time?

eZ disse...

Como o tal do Bira fala m*** ein ??

Marcelo marques disse...

fulvio cometeu nda mais q 4 erros
e o murilo 2 em 5 minutos e o tavenari 1 erro com isso o 1/4 foi pro saco

acho q o moncho devia colocar o ricardo antes do murilo sempre

o principal problema foram os rebotes

Anônimo disse...

Hoje a defesa não funcionou - a marcação do perímetro foi lamentável... levamos uma surra nos rebotes, especialmente quando o Splitter não estava em quadra.

Quanto ao Huertas, deu para perceber que, quando não tenta ser o clone do Steve Nash ou do Jason Willians, ele manda muito bem... às vezes, ele deixa de partir para cesta para tentar uma assistência. Se ele se espelhasse mais no jogo do Stockton, por exemplo, se tornaria um jogador ainda mais efetivo para a equipe.

Pode soar estranho o que vou dizer, mas o Brasil jogou mal por que nossos jogadores não estiveram tão bem, e não por problemas coletivos e de individualismo.

Mesmo assim, se não fossem as cestas nos finais do segundo e terceiro quarto - essa última foi literalmente espírita, o Brasil provavelmente ganharia de um time que está nas Olimpíadas.

Apesar de nunca ser bom perder, a derrota veio em boa hora, pois não podemos esquecer que para o Brasil se classificar para as Olimpíadas precisa estar a 110%, com vários jogadores jogando mais do que podem.

Estamos criando uma grande expectativa sobre um elenco que, ao contrário do plantel do Pré de Las Vegas, é mais limitado.

Por isso, a melhor coisa que podemos fazer é torcer incondicionalmente, pois a classificação é possível, apesar de ser muito improvável.

David disse...

O jogo mostrou que o Brasil tem sete jogadores: Os cinco titulares mais Baby e Ricardo.
Infelizmente, faltam alas e armador reservas de qualidade.
Jp melhorou ao longo dos jogos e pode ser mais do que um jogador de rebote.
Huertas precisa que Fúlvio cometa menos erros ao entrar, não precisa nem jogar bem( exatamente o que fez Tavernari hoje, não jogou bem, mas não comprometeu), é só não entregar a bola pro adversário, caso contrário, Huertas vai terminar mortinho as partidas.
Marcelinho Machado tem que aprender que ele não é jogador de fcar batendo pra dentro do garrafão( perdeu todas as bolas), ele é arremessador, e tem que selecionar melhor os arremessos.
Já Alex, toda vez que estiver no um contra um sem cobertura imediata, tem que bater pra dentro, que ganha no mínimo falta, ele não é arrmessador.
No mais os pivôs precisam observar rápido quais pivôs adversário têm chute de três e não deixar o cara se "criar" por ali, como fizeram Footssis( Grécia) e o 04 da Austrália.
A grande decepção do elenco é Murilo( Duda e Marcus todos já sabiam). Péssimo na defesa e completamente perdido no ataque. É o mais fraco fisicaemnte dos nossos pivôs. Não consegue se impor nos rebotes, não consegue se posicionar sem fazer falta e protagoniza lances bisonhos no ataque. Sua presença em quadra, junto com Fúlvio, foram fundamentais para a derrota de hoje. Murilo se atrapalha mais quando é apertado quadra toda, quando tem dobra então ele simplesmente entrega a bola apavorado, o que ainda dá pra ser corrigido em 6 dias de treino. É só ter 2 ou três jogadas combinads para sair da situação e levar a bola ao ataque.Mas os erros de Murilo são incorrigíveis a curto prazo.
O Moncho deixou os caras errarem o quanto quisessem no 2º quarto para ver se o time conseguia reverter, e quase conseguiu. Não conseguiu porque os Australianos "cresceram" no jogo, exatamente no segundo quarto, quando o Brasil poderia tê-los enterrado, e porque Huertas e Spliter cansaram no segunto tempo.

Clóvis Rafael disse...

Gostei realmente da análise de DAVID!!!! Mostrou bem o que foi o jogo... E estamos no caminho certo, mas temos que ter calma e paciência com esse grupo, pois o banco é MUITO INEXPERIENTE!!!!

Anônimo disse...

Muito boa essa análise. Não achei que o JP foi mal, mas, com seu tamanho ele não irá se impor. Alguém dá para falar ao Bira que o Marcus não entra porque é muito ruim e nao devido a qualquer probnlema, vide o Duda hoje, ruindade tem que ficar no banco. Agora o que precisa melhorar é o trabalho do Jhonatan sem bola, o cara não conseguia receber a bola para arremessar livre, sem dúvida ele é nosso melhor jogador, mas só mete bola livre. Precisamos de jogada para ele, e homens mais fortes no garrafão. Murilo é horrível, Ricardo é baixo, quanta falta do nene e do vareja.

Anônimo disse...

Olha galera temos que uma vez por todas parar de ficar se lamentando sobre jogadores q nao vieram... Primeiro pq os caras nao merecem vestir a camisa da seleçao e segundo pq nao acho q iria melhorar muita coisa... É só analisar que quando estavam os estrelinhas no time, o time jogou muito pior do q isso.... Pelo menos esses ai por mais deficientes tecnicamente falando estao ai e mostrando para q veio.. Estou muito surpreso com o jogo do garrafão, principalmente dos pivôs Baby e Ricardo, o primeiro sempre desacreditado por todos esta mostrando q pode ser útil e o segundo pra quem nem ia ta melhor q Murilo e JP.... Agora eu gsotaria de ver por mais tempo Splitter e Baby juntos pra sentir como iria a seleçao,o unico problema é que ai nao temos peças de reposiçao para compor a defesa , mas eu acho q seria uma dupla boa Spliter de 4 e Baby 5 ... E eu continuo acreditando q o Brasil vai conseguir a vaga isso se nao começarem a jogar individualmente pq ai ja era... Coletivamente o time ta indo bem pelo menos estao com garra e lutando e nao dando corpo mole, nesse jogo contra Australia nao ganharam pq estavam fora do jogo tanto q no fim quase levaram mas ta melhorando.... vamos torcer pq na próxima o negócio é pra valer e eles tem q ter idéia q nao é mais teste.....

Anônimo disse...

"É só analisar que quando estavam os estrelinhas no time, o time jogou muito pior do q isso...." Pô cara, vamos ser isentos, será que era só culpa dos caras? O Big Técnico da época ajudava? Sei que estamos todos chateados com esses caras mas não vamos cometer injustiças né? Vendo a seleção jogar eu fico mais puto com eles ainda. Explico. Imaginem o potencial desses caras sendo bem usado, como está agora. E será que é culpa "exclusiva" deles? Mas vamos lá torcendo e torcendo.

Vinsanity disse...

Acho que esse torneio foi muito positivo, o Moncho pôde ver com quem ele pode contar. Acredito que veremos pouco o Fulvio, Murilo e Duda em quadra.
O Brasil jogou muito bem o primeiro quarto hoje, mas no segundo, achou que deu uma relaxada na marcação e no ataque. O Brasil que nós queremos ver é o do primeiro e do último quarto.
Só projetando mais pra frente, esse time da Alemanha não é esse bicho todo que está sendo criado, pra mim é do mesmo nível que a Croácia, só que com 1 cara fora de série. Além disso, a Alemanha já tomou uma saraivada de Porto Rico, com meio time reserva.
Percebi que o nosso jogo tem se encaixado bem contra o estilo europeu, isso pode ser uma boa coisa, já que nossos rivais serão todos europeus.

Que venha o Líbano, Grécia, Alemanha (ou quem sabe Nova Zelândia), Eslovênia (ou Croácia) e Pequim

Anônimo disse...

Para quem tinha receio e estava com muitas dúvidas sobre o que o Brasil iria apresentar com esse novo técnico, até que a primeira impressão foi boa. A mudança é visível no sistema de jogo mas ainda temos muitos defeitos. Para mim, já valeu a pena outro tipo de filosofia e sistema de jogo, o problema é a vaga para a Olimpíada, se não fosse por isso, diria que o nosso basquete masculino está no caminho mais do que certo. Só Deus para saber o que virá depois de uma não classificação. Abs - Wolmer Bicalho.

Daniel disse...

Antes de comecar estes jogos eu achava que o Brasil tinha zero de chance. Agora mesmo com um grupo capenga, a evolucão eh nitida. O time joga coletivamente, melhorou muito na defesa, no jogo de 5 contra 5. Mesmo que a vaga não seja conquistada, essa filosofia tem que continuar.
O Moncho pode não ser tecnico de ponta ou famoso, mas se provou muito melhor que seus antecessores.

David disse...

Quando escrevi que "Murilo se atrapalha mais quando é apertado quadra toda"eu queria falar sobre o Fúlvio, afinal, o Murilo não é rsponsável pela condução de bola.
Hoje Alemanha perdeu para o Canadá sem Cris Kaman. Nowitzk fez mais de 30 pontos.
Esse Cris Kaman estava de férias e vai ter o primeiro treino com a Alemanha amanhã, vai chegar no pre-olímpico tão bem preparado quanto Nenê em Las Vegas.

Clóvis Rafael disse...

David, Chris Kaman está fora de forma e sem ritmo de jogo, com apenas 4 ou 5 dias de treino, acho pouco provável que ele ajude tanto assim, né?????

E como disse, esse time da Alemanha sem armadores não vai a lugar nenhum, DIRK é craque, mas basquetebol é coletivo, e só vence aquele time que tem coletivo como marca, mesmo com grandes astros!!!!

david disse...

É o que se espera.( sobe Kaman).
É interessante notar, que pelos placares dos jogos amistosos da Alemanha, eles não estão com uma defesa que seja lá uma Brastemp.
O forte deles serão os pivôs. Eles têm o Kaman, o Femerling ( com mais ou menos 2,20m) e mais um cara que joga na Espanha. Tem que ver se o o Nowitzki joga de 4 ou 3.
Se jogar de 3 o time deles vai ficar muito lento. Se jogar de 4, como vem jogando nos amistosos, o Spliter pode tirar ele em faltas( e, infelizmente, vice-versa).
Pelas ausências de Okulaja e dos armadores principais, acho que ele joga de três, mas mesmo assim, Huertas, Machado e Alex serão a chave de nossa vitória( isso contando que nossos pivôs ofereçam resistência( equilibrem os rebotes e sofram faltas)aos pivôs deles.
Os caras que têm jogado nas posições 1,2 e 3 da Alemanha são jogadores inexprientes que jogam em times alemães e que não aparecm com grande destaque nos Box score dos últimos amstosos.

Anônimo disse...

Ainda acho que o melhor seria ganharmos da Grécia para jogarmos contra a NZ.

O Brasil não jogou tão bem como contra a Croácia. mas vale ressaltar que perdemos de apenas 3 pontos e no final conseguimos desenhar uma jogada na qual MM Crazy Shooter arremessou com uma certa facilidade e infelizmente errou. Outrora morreríamos com a bola na mão sem nenhuma jogada específica para o final.

Fúlvio tem que melhorar para dar pelo menos uns 5 minutos de descanso para o Huertas.

Ainda tenho fé no BABY. Ele tem que ser útil na rotação. Todos vão marcar o Splitter muito forte.