sexta-feira, 23 de abril de 2010

TOMBO SINCRONIZADO




Eis que, no mesmo dia, com diferença de poucas horas, os dois favoritos ao título da NBA tropeçaram nos playoffs. Jogando fora de casa, Cleveland Cavaliers e Los Angeles Lakers perderam seus primeiros jogos no mata-mata. E pode colocar na conta dos dois craques do campeonato, porque eles tiveram boa parcela de culpa. LeBron James, claro, tem seus (altos) méritos, com 39 pontos, sendo 13 no último quarto, 10 rebotes, oito assistências e três tocos. Mas de alguém do seu naipe, espera-se algo perto da perfeição. E o toque imperfeito veio quando ele cometeu desperdícios nos momentos decisivos (foram cinco no total da partida). Resultado: quem ouviu o coro de MVP foi Derrick Rose, o garoto do Chicago Bulls, que meteu 31 pontos e levou seu time à vitória por 108-106.

Em Oklahoma City, foi Kobe Bryant que caiu. E caiu até mais feio, errando 19 dos seus 29 arremessos e jogando mal no quarto período da derrota dos Lakers por 101-96. Kobe terminou com 24 pontos e 8 assistências, tendo sua atuação ofuscada pelo herói da casa, Kevin Durant. O jovem ala do Thunder vinha arremessando mal (como Bryant), mas acertou a mão na reta final e deixou a quadra com 29 pontos e incríveis 19 rebotes. Ele e Russell Westbrook marcaram 22 dos últimos 23 pontos do time.

Ainda na quinta-feira, o Phoenix devolveu a derrota em casa ao atropelar os Blazers em Portland. Os Suns abriram boa vantagem logo no início, chegaram a liderar por 31 e fecharam o jogo 3 em 108-89 – Jason Richardson brilhou com 42 pontos. Pelo lado do Portland, desgraça pouca é bobagem. O time, que já não tinha Brandon Roy (e outros 348 jogadores machucados ao longo da temporada), pode ter perdido também o ala titular Nicolas Batum, que agravou a lesão no ombro ainda no primeiro tempo e não voltou mais. Ô, zica.

5 comentários:

João Pedro TONHÃO #23 disse...

No jogo do Cleveland acho q a culpa não foi do Lebron e sim do resto do time, ele acertou oq tinha q acertar.. Jah o Kobe realmente foi mal d+..!'

Anônimo disse...

Colocar a culpa no James é não ter visto o jogo, Rodrigo. Cavs se recuperou no jogo por causa de sua defesa com intensidade e ataque a cesta ou dando assistências. E no final, vai falar que ele foi mal ? Meteu uma de três que deixou o jogo ainda em aberto, e, fez uma falta e cesta que o juiz marcou falta de ataque, que até Joakim Noah admitiu que foi uma falta duvidosa, claramente o Deng estava se movendo.

eZ disse...

menção a defesa ótima do KD no kobe. ele foi o grande responsável pelo jogo do kobe, que depois do jogo até se disse surpreso com a itensidade e força da defesa do menino prodígio q teve muita personalidade e pediu p marcar o black mamba ;)

Rodman disse...

Isso que é peito... pediu pra marcar e marcou bem demais o Kobe, por sinal.
No jogo do Phoenix, que assisti via League Pass, foi um passeio completo. Nos dois primeiros quartos, parecia que o PHX era da NBA e o Portland da NBDL. No segundo tempo, Portland reagiu mas não o suficiente para ameaçar de verdade a liderança do Phoenix. Leandro foi discreto. Tem errado muitos arremessos, mas parece ter melhorado na defesa.

felipemartins1305 disse...

Pra mim o Cavs perdeu o jogo por não aproveitar uma tonelada de chances que tiveram pra encostar e passar no último quarto. A defesa do Bulls apertou, e o Cavs cometeu muitos erros. Me irritou assistir o Mo Williams engasgar (como sempre) em momentos decisivos de Poffs. Concordo que a falta de ataque no Lebron foi mandracaria total. O Bulls veceu por jogar uma partida perfeita, o Rose o e Hinrich não erravam uma nos momentos decisivos. Vai ser difícil o Bulls repetir uma partida dessas.
Tava desenhando um vitória do OKC faz tempinho já. O LAL não tá jogando como campeão. O Kobe voltou pra 2005, mandando um caminhão de arremessos por jogo em detrimento do coletivo. Ainda acho que o LAL passa em no máximo 6 jogos, mas os caras tem que acordar.
No Caso do Suns, trocaram a marcação, botando o Hill no Miller e acertaram o time. Pra mim, a parada tá ganha.