segunda-feira, 5 de abril de 2010

SÓ NO SAPATINHO




A vitória dos Spurs sobre os Lakers, em Los Angeles, por 19 pontos de vantagem (100-81), é daquelas que deixam a gente com a pulga atrás da orelha: a esta altura do campeonato, será que vai ser preciso prestar atenção no San Antonio de novo?



O time vinha agonizando ao longo da temporada, ainda mais sem Tony Parker, mas evoluiu recentemente, cresceu devagar, como quem não quer nada, e neste domingo cravou de forma matemática a sua classificação para o mata-mata. Tudo isso graças a mais uma excelente atuação de Manu Ginóbili, que anotou 32 pontos, cinco assistências e cinco rebotes.

Tim Duncan, segundo cestinha do time, com 24, adotou o discurso humilde: "Esse time dos Lakers já foi testado nos playoffs, então queremos ficar o mais longe possível deles". Hum, será papo para boi dormir? A equipe do Texas está em sétimo lugar no Oeste, com o Portland na cola e o Oklahoma City um pouco à frente. Algo me diz que, pela maneira como esse tal argentino vem jogando, é a turma de Los Angeles que, por via das dúvidas, gostaria de evitar o confronto com os Spurs no primeiro round.

6 comentários:

João Pedro TONHÃO #23 disse...

Realmente Ginobilli vem dando show nas ultimas partidas.. E o Lakers, sei naum em, nada tah funcionandu pros caras..
E outro grande jogo dah noite foi o do Boston e Cleveland.. Jogo perdido por q Lebron errou 8 lances-livres e a ultima bola do jogo q daria a vitória ao time, chutou nove bolas dos 3 pontos e não acertou nenhuma.. Pelo q vi os arbitros roubaram com força pro lado do time dah casa, levando ateh a expulção do Mike Brown..

Romualdo disse...

Ginobilli manteve nos últimos oito jogos uma média de 29,2 pontos e aproveitamento de 53,9 por cento.

Filipe Furtado disse...

Spurs vem jogando progressivamente melhor ja a algum tempo. Vale apontar que George Hill se contundiu e Roger Mason jogou de armador durante a maior parte da partida.

Mas acho que a historia sao os Lakers tanto quanto os Spurs. Esta foi a 9o. derrota desde o ASG de LA, a titulo de comparaçao Thunder, Blazers e Spurs (os 3 times que podem enfrenta-los no primeiro round) perderam 6 no periodo.

felipemartins1305 disse...

será que SAS tem gás ainda? Já ouvi da decadiencia deles tantas vezes... Só acredito na decadiencia desse time quando eu puder ver com meus próprios olhos, da mesma forma que só acredito num título pro Cavs qdo eles realmente vencerem. Do jeito que o Manu tá jogando, o SAS vai ter que rebolar pra renovar com ele, provavelmente tendo que trocar alguns jogadores no processo, especialmente o Jefferson.
Com relação ao confronto com o LAL, seria um péssimo matchup pro LAL, especialmente se o Parker voltar (tadinho do do D-Fish).

Anônimo disse...

Bem como sempre o Oeste a coisa está imprevisível.

Não dá para afirmar nenhum confronto definido ainda Lakers praticamente esta garantido como 1º lugar mas os demais são 4 times empatados no n.º de derrotas e outros 3 com 1 ou 2 de diferença;

Esse ano só vai dar para saber a tabela e confrontos de playoffs depois da última rodada na quarta;

Ano passado quase que Houston eliminou Lakers no 1º round e o Denver teve os 2 jogos em LA nas mãos.

Então como não houve massacre do time da califórnia completo creio que esse ano vai ser mais difícil ainda;

Eles não terão os quase 20 pontos 10 rebotes de média do Bynum que farão falta sim;

O Spurs como qualquer outro time do Oeste pode aprontar na 1ª rodada, mas vale destacar que Duncan está cada vez mais esfolado no joelho , e o argentino que tem carregado o time saiu reclamando de dores no corpo todo outro dia.

Playoffs vai ser um teste físico e clínico para certos times.

Os Celtics e o Phoenix Suns também tem um elenco veterano e algo a provar, será que Nash aguenta?

Na minha opinião os Cavs nao tem precisado se esforçar tanto podem ter vantagem nesse aspecto, só terá pedreira na final do Leste.
No Oeste Blazers e OKC de Duran se não sentir pós temporada podem aprontar.

No Leste Orlando Miami com Wade podem ser a surpesa.

vamos ver

abraços

Sandro

Duda 11 disse...

Ginobili e Duncan deram um show, principalmente o argentino! Jogaram como nos velhos tempos...e vale lembrar que o Spurs ficaram sem o George Hill ainda no primeiro tempo...agora, vale destacar o apagão do Lakers a partir do terceiro quarto! Às vezes, o time sai do foco, principalmente o Kobe, e a coisa desanda...e quando precisa o banco de reservas então, aí que a coisa fica mais feia ainda!!!