sábado, 24 de abril de 2010

PUXA-SACO SATISFEITO




Outro dia, o leitor Thiago perguntou na caixinha: "Por que todos os narradores, comentaristas, jornalistas são puxa-saco dos Spurs?" Será que são? Bom, só posso falar por mim: eu sou mesmo. Brincadeira, claro que não sou puxa-saco de time A ou B, mas aprendi a gostar do San Antonio ao longo da última década e discordo desse rótulo de time sem carisma – o carisma que falta em Tim Duncan sobre em Manu Ginóbili, por exemplo. Enfim, fiz toda essa enrolação para dizer que, mais uma vez, fiquei muito satisfeito de ver uma apresentação dos Spurs. Foi na noite de sexta, contra o Dallas.

E olha que o Dallas é outro time pelo qual tenho grande admiração. Mas a vitória do San Antonio por 94-90 foi daquelas com clima de playoff mesmo, recheada de vibração e belas atuações. As duas cestas decisivas de Tony Parker (ambas quase na linha de três) deixaram a torcida elétrica. Duncan (de novo) jogou muito bem e me parece até rejuvenescido.

Ginóbili, então, teve uma performance daquelas. O argentino tomou uma cotovelada de Dirk Nowitzki, teve o nariz quebrado (aquele nariz gigante!), mas voltou com um curativo e despejou 11 pontos no último quarto – terminou com 15, além de sete passes, cinco rebotes e três roubadas.

Para completar, o San Antonio ainda provou que é possível ganhar um jogão desses sem fazer uma cesta sequer da linha de três – é apenas a quarta vez que isso acontece em playoffs. Foram sete tentativas e nenhum acerto. Fato é que agora a série está 2-1, o que, na verdade, não significa nada. Como bom "puxa-saco" dos dois times, acho que o confronto vai longe.

8 comentários:

Anônimo disse...

Eu tb sou fã dos Spurs prefiro vê-los jogar do que aquele estilo horrível do Phoenix que parece que todo mundo gosta. O Dirk tb jogou muito ontem, outro que sou um grande fã.
Bruno

eZ disse...

eh a melhor serie dos playoffs by far ...

caron butles precisa jogar mais
marion tem q grudar no manu e n deixa lo jogar .. ou mais uma vez cuban ficara puto e ira demonstrar seu amor pelo spurs hahah

Rodaguido disse...

Concordo com o colega acima, esta série é a melhor da primeira rodada.O jogo dos Spurs desde que Tim Duncan vestiu sua camisa se tornou uma aula de basquete a cada jogo disputado na derrota e na vitória,ver como Ginóbili, Parker e Jefferson estão se ajustando pra fazer o melhor basquete para sua equipe está sendo um deleite pra mim que sou fã do basquete "redondo".

felipemartins1305 disse...

Eu achava qe essa série e C's x Heat iam ser as mais equilibradas. Com o Heat na lama, essa vai ser a melhor série pra acompanhar. Vendo o jogo ontem, tenho que por fé no Spurs. Na hora que precisar, os caras vão executar. Tá funcionando direitinho a tática de deixar o Dirk com marcação simples e anular o resto do time. Nunca fui fã do estilo do SAS, mas que funciona, isso funciona.

thiago disse...

grande série..
jazz deu uma surra no nuggets ontem tbm, garrafão do nuggets nada fez e deron williams deu mais um show na armação

Anônimo disse...

Achei a arbitragem muito ruim. Vários erros, principalmente beneficiando o time da casa.

Elder disse...

O negócio é que o pessoal hoje não quer ver apenas um cara (ou time) que jogue um bom basquete, quer ver o cara, dar três piruetas no ar, passe a bola entre as pernas três vezes, jogue na tabela e enterre de costa e, ao final, olhe para o adversário com cara de mau. Nada contra o cara ser habilidoso e faça "firulas", desde que ele use isso "objetivamente", casos de Magic Jonhson e de Jason Kidd, dois dos maiores armadores que vi jogar, mas acho que o pessoal exagera nas firulas e nas caras e bocas e o pessoal mais novo "compra" isso, como sendo o único jeito de se assistir o basquete; discordo, mas, enfim, cada um cada um, não é mesmo?!?!?!?! Abraço a todos!

Romualdo disse...

Estou começando a considerar o San Antonio favorito ao título. Quando o Boston foi campeão, um comentarista da ESPN Br. disse que para uma equipe ser campeã é preciso de dois jogadores de alto nível, no Boston são três.
O mesmo digo ao San Antonio, que voltou a jogar como equipe campeã, e têm o melhor trio da história da NBA.