quarta-feira, 1 de setembro de 2010

DAQUI EM DIANTE, SÓ TEM DECISÃO


Depois da ótima atuação contra os americanos, a seleção brasileira recoloca os pés no chão para enfrentar a Eslovênia hoje e a Croácia amanhã. Em dois dias, decide sua situação no grupo B. Imaginando que Irã e Tunísia vão perder todos, a conta é simples: se o Brasil ganhar os dois, termina em segundo; se perder os dois, termina em quarto; se ganhar só da Croácia, termina em terceiro; se ganhar só da Eslovênia, haverá um empate triplo e a decisão vai para o saldo de cestas nas partidas entre eles. Vamos então ao duelo de hoje, às 15h30.


Chances de vitória do Brasil:
55%. A Eslovênia perdeu para os EUA e fez dois bons jogos. O Brasil fez dois jogos ruins e compensou com um bom que valeu por três. Pelo embalo, leva um mínimo favoritismo.

O que eu espero da seleção:
Que ela deixe no hotel qualquer vestígio de euforia pela atuação contra os EUA. Começa hoje um novo campeonato, o campeonato de verdade. Daqui em diante, só tem decisão.

Olho no brasileiro: Anderson Varejão
Deve jogar apenas 15 minutos, mas nesse curto tempo já vamos poder ter uma breve ideia do que o ala-pivô poderá render no restante do Mundial. E é bom torcer por ele.

Olho no esloveno: Bostjan Nachbar
Dragic é ótimo, mas Nachbar surge em horas cruciais. Contra EUA e Croácia, acertou 1/4 da linha de três. Contra a Tunísia, mal marcado, meteu 4/7. Ou seja: é bom marcá-lo.

Olho em outros jogos de quarta:
Às 10h30, um interessante Sérvia x Austrália. Às 13h, o político EUA x Irã. Às 15h, duas boas partidas: Turquia x Porto Rico, Lituânia x França. O melhor do dia é o Brasil mesmo.

E você? O que espera do quinto dia do Mundial? O Brasil ganha hoje ou não ganha?

9 comentários:

Jônathas disse...

juntar varejão e torcer na mesma frase soa quase irônico... haha
prefiro dizer que vou acompanhar e vibrar com ele no jogo! HAHAHAA

mas sério, só esses 15 min, caso ele jogue mesmo (nao tenha que ficar fugindo de contato, marcando soft, que eu duvido por ser o vareja) já farao uma baita diferença.

raul d'avila disse...

Rodrigo, concordo contigo.
Varejão, é claro que ajuda, e muito. Mas o mais importante, Rodrigo, é marcar o perímetro, a mão do armador e dos alas, até os que vem do banco da Eslovênia é um arraso. Se não impuser o ritmo e não marcar a exaustão, cruzamento difícil, aeroporto e avião. Então o dia não é amanhã, é hoje, pois dependendo do resultado podemos até perder para a Croácia que seremos segundos no grupo. Aí a vida, se não fica fácil. pelo menos fica menos difícil nas oitavas.

Flavio - Araçatuba disse...

Um jogo sem previsão de acertar o resultado depois da partida dos brasucas contra os norte americanos.
O ruim, e o difícil é crer que a seleção, sempre regular e frouxa na desfesa, possa ter duas apresentações seguidas e idênticas.
Espero estar totalmente enganado, mas Varejão com dores ao fazer giro pode ser que não renda nem 50%
Para vencer a Eslovênia tem que fazer uma partida de 40 minutos idêntica contra os Estados Unidos, está ai a dificuldade. Já contra a Croácia acredito que o Brasil esteja alguns degraus abaixo da forte equipe européia e não deve vencer. Me calem a boca seleção brasileira masculina de basquete, vou faltar no trabalho e estarei torcendo feito louco.
Bom jogo!

Anônimo disse...

Estava lendo uns posts antigos, e gostaria que o Prof. Dead Boy, nos explicasse as diferenças taticas entre o que ele chama de time A e time D/E dos USA, e se possivel as diferenças das caracteristicas tecnicas de seus componentes.
Quais sao os parametros que ele usa para formar equipes ABCDE americanas, e de suas escalações em cada nivel.

Luiz Fernando Paes disse...

a diferença de cestas num suposto empate é apenas entre as três envolvidas é isso?

ou seja, para ser segundo, tem que ganhar hoje e podendo perder amanhã, tem esse quadro abaixo:

se ganhar de até 4 não pode perder
se ganhar de 5 pode perder até 2
se ganhar de 6 pode perder até 4
se ganhar de 7 ou mais pode perder por até o que ganhar -1

Erin disse...

pra quem gosta de numeros o Brasil parou de chutar de tres como muita gente ainda fala e bota a culpa nas derrotas.
veja so as estatisticas do mundial ate agora

Grecia 11/34 por jogo 33%
USA 9/25 38%
Brasil 8/23 33%
Argentina 7/22 31%
Espanha 9/22 41%

Coach Vito disse...

rodrigo, voce esta acompanhando so jogos agora?

final do primeiro quarto e os resultados sao de quebrar qualquer casa de aposta ou bolao.

Grecia 20- 14 Costa do Marfim
Libano 22-21 Espanha

Coach Vito disse...

eu de novo.dei uma volta la fora com os filhos e quando eu voltei os jogos estavam:
Grecia 86- 46 costa do marfim
Libano 55-83 espanha.

bigmanrj disse...

Como diz um cara de uma família conhecida de artes marciais no Rio. Agora eu quero ver quem tem garrafas pra vender. Aqui é o lugar onde a criança chora e a mãe não vê.