quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

JASON RICHARDSON NO DESERTO




Na noite desta quarta-feira, chegou a notícia: o Phoenix Suns contratou o ala-armador Jason Richardson (além do
ala-pivô Jared Dudley e uma escolha de segundo round no draft de 2010), mandando para o Charlotte Bobcats um pacote com Raja Bell, Boris Diaw e o calouro Sean Singletary. Não
é uma troca fácil de analisar assim no susto, mas algumas questões vêm à tona para a gente colocar na mesa de debates:

1) No meio do vendaval que tem derrubado um técnico atrás do outro na NBA, o cartola Steve Kerr mostrou confiança em Terry Porter. Bell e Diaw eram dois dos atletas que mais enfrentavam dificuldades de adatpação ao novo sistema - e manifestavam publicamente o descontentamento. Diaw, então, carregava o rótulo de filhote de Mike D`Antoni, que tinha um projeto para ele e o fazia jogar em mil posições - depois, o francês caiu de nível.

2) Pela visão da equipe do Arizona, Leandrinho talvez ainda não esteja pronto para dar um passo maior. Todos nós imaginávamos que o brasileiro seria o titular automático da posição 2 quando Raja Bell se aposentasse. Mas o veterano caiu de rendimento antes do esperado, e a diretoria foi buscar Richardson. Ou seja,
lá está Leandrinho no banco outra vez, sem perspectiva de mudança nos próximos anos. Sempre defendi que ele tivesse paciência, mas agora pode ser o momento de planejar a carreira e, quem sabe, trocar de ares.

3) A diretoria percebeu que o elenco está ficando gasto. Em volta de Stoudemire estão os velhinhos Nash, Hill e Shaq - não estarão por muito tempo. Richardson é uma injeção imediata de energia. Ele vai correr, pular, enterrar e - ao contrário de Bell - ajudar o time no ataque. Ofensivamente, é uma evolução mais que óbvia.

4) Em Charlotte, Diaw pode até ganhar confiança formando uma dupla de garrafão com Emeka Okafor, mas a chegada de Bell só deve servir para abrir um sorriso no rosto do técnico Larry Brown, que treinou o ala-armador no Philadelphia em 2001. Fora isso, salvo milagre, os Bobcats vão continuar onde sempre estiveram.

E você, o que achou da troca? Diga aí na caixinha.

18 comentários:

NETTO disse...

Para o Suns acho que sera interessante a presença do Richardson no time.

Anônimo disse...

Leandrinho ainda não tem personalidade para ser um titular... Talvez a única equipe onde ele pudesse ser seria o Warriors...

Baguete disse...

Vou tentar analisar sem o vies de ser torcedor do Suns.

O Suns ganha em forca ofensiva e energia.
J-Rich eh um cara que pode puxar contra-ataques, pode fazer infiltracoes e esta acertando mais de 45% dos seus arremessos de 3. Com Nash distribuindo e Shaq e Amare no post, ele deve deitar e rolar.

O Bell nao eh tao bom defensor quanto dizem. Ele fazia muito mais o papel de lider do time, de mexer com os brios do jogadores do que efetivamente executar algo em quadra.

Diaw foi um cara que surpreendeu nos playoffs quando Amare estava fora. Mas eh um cara muito passivo, dificil de se motivar, e sempre com problemas de peso. Com um contrato pessimo, foi muito bom ter se livrado dele.

Mais uma vez, o grande problema do Phoenix eh encaixar as pecas dentro de um sistema que ainda nao esta bem definido. O Suns abriu mao de D'Antoni e o "7 Seconds Or Less" mas nao trouxe nenhum outro sistema em troca. Acabou trazendo um treinador que tem influencias de Popovich e Flip Saunders e que nao sabe o que fazer com os jogadores que tem.

O Bobcats nao ganha em nada. Talvez um pouco com a experiencia de Bell e a amizade que ele tem com o Larry Brown. E tambem se livram do conflito de ter dois jogadores parecidos: Wallace e J-Rich.

Enfim, ainda eh cedo pra julgar a troca. Mas ACHO que o Suns vai se dar muito bem.

Abracos!

lucas_suns_RJ disse...

eu nao concordo com voce, com relaçao ao leandrinho

talvez ele realmente deva trocar de time, mas nao por causa disso, pq eu acho q ele vai ganhar mais minutos
pois, o richardson vai ter um pouco mais minutos do que tinha o bell, e o leandrinho vai pega os minutos dele proprio, mais alguns do diaw

e depois, grant hill, pra mim, hoje eh um jogador ridiculo, nao faz nada de bom, eh uma draga como gosta de dizer o rodrigo

eu acho que ha possibilidade de em pouco tempo o richardson passa pra posiçao 3, e o leandrinho entra de titular
depende soh o terry potter

abraço rodrigo

bruninha disse...

Boa pro Suns,péssima pro LB....c bem q essa temporada ele já não ia ter muita chance... pra mim ele tinha q ir pra um time estilo Hawks ou Kniks.....

Jones Mayrink disse...

A troca foi muito boa para o Phoenix, mas para o Leandrinho foi péssima!!
O técnico Terry Porter e a franquia, agora mostraram total falta de confiança no brasileiro, que pelo jeito só vai ganhar uma chance no time quando estiver com os seus 30anos!!!
Leandrinho tem que saber que já está com seus 26anos, se não pensar em mudar de time pra ser titular ou algo parecido, acho que ele só vai se prejudicar na sua carreira, que será reconhecida apenas por ter sido um jogador que sempre vinha do banco.
Torço pra que a proxima temporada o Leandrinho possa ir para um equipe onde ele tenha a oportunidade de tentar liderar ou ser um dos líderes.
Ele tem potencial pra começar a pensar assim!!!

Jones Mayrink disse...

Rodrigo, o Terry Porter está tanto sem confiança nele, que no jogo contra os lakers ele começou com 2SF(hill e Barnes), vc nao acha que o Porter, meio que está boicotando o brasileiro????
Não é possível os minutos dele cair assim tão drasticamente.
Tudo bem que ele teve problemas pra resolver no Brasil e tal, mas o ultimo jogo dele contra o JAZZ, ele salvou a equipe junto a stoudemaire.
No jogo seguinte ele jogando bem, o Porter coloca ele apenas 6minutos no primeiro tempo !!!
o no jogo de ontem, nem pra começar com o brasileiro, ele começou!!!
To odiando o Porter!!!

Anônimo disse...

Suns: defesa de perímetro??? Never!!!
Go Michael Reed
Go Michael Finley
Go Mike Miller
Go Peja
Go Manu Ginobili
Go Mike Bibby
Go Lebron James
Go Kobe Bryant
Go T-Mac
Go Jason Kapono
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Dead boy disse...

O que falta a Leandrinho não é experiência, e sim basquete. Ele já entrou como titular e, mesmo vindo do banco, já teve mais de 25 minutos por partida. Se o cara é bom, agarra essas chances e não sai mais. Perguntem ao Tony Parker.

Dead boy disse...

PS.: Tony Parker é estrangeiro na NBA, tem a mesma idade de Leandrinho e joga na mesma posição.

rodrigo sodré disse...

Achei a troca interessante pro Suns, mas ainda assim não faz do time um postulante ao título. Horrível para o Leandrinho e inútil para o Bobcats, que deve estar pensando em reduzir cap pra contratar um Free Agent do tão falado 2010.

rodrigo sodré disse...

Achei a troca interessante pro Suns, mas ainda assim não faz do time um postulante ao título. Horrível para o Leandrinho e inútil para o Bobcats, que deve estar pensando em reduzir cap pra contratar um Free Agent do tão falado 2010.

Wayand disse...

Sobre a troca, acho que foi excelente para o Suns. JRich é excelente. Vai acrescentar muito mais ao Suns. Quanto ao Bobcats, vai haver, tão somente, uma melhora no elenco. Nada mais.
Quanto ao Leandrinho, discuto isso com um amigo meu ha tempos: leandrinho joga em qq equipe da liga ou dependerá do esquema adotado? eu voto pela 2ª opção. não sei como ele reagiria num time como o spurs, por exemplo. cairia como uma luva no warriors, em compensação. No entanto, não duvido de seu talento, obviamente.

Maickel disse...

o suns vai ter duas forças ofensivas em amare e j-rich que tbm além de correr, enterrar, pontuar, sabe arremessar de 3 pontos, o time vai pecar um pouco na defesa, mas dependendo da line-up pode usar ele na 3 e o leandrinho na 2... quero ver o banco do suns só..

Anônimo disse...

Dead boy que comentario doente vc fez o LB foi o sexto homem ele foi se eu n me engano a terceira força ofensiva do PHX e isso vindo do banco ai vc pega e fala q o q falta a ele é basquete .... o Leandro só n é titular pq ele ainda é inconstante

Dead boy disse...

Obrigado por concordar comigo, ainda que usando outras palavras. Inconstante = falta basquete para ser titular. Pronto.

Baguete disse...

Tanto faz o Leandrinho comecar jogando ou nao. O que importa sao os minutos que ele joga, e ele continua jogando o suficiente.
Nao vejo ele como titular em muitas equipes pela liga e sim, ele continua sendo uma bela moeda de troca do Suns. Acho que ele nao termina seu contrato em Phoenix nao.

Tambem estou odiando o Porter, como ja disseram aqui. Alias, odeio o Sarver (dono do time), odeio o Kerr (GM) e agora odeio o tecnico tbm. Ah, tbm odeio o Amare! (eh serio!).

Agora eh tentar dividir a bola entre Amare, Shaq e J-Rich. Coitado do Nash, que ta ficando velho e de saco cheio...

Fabio_Fortal disse...

Não existe troca do Kerr que não seja polêmica. Quero o Colangelo de volta...