segunda-feira, 31 de maio de 2010

O PECADO FUNDAMENTAL




Bom, agora, com mais calma, depois de ver todos os vídeos e ler todas as declarações e comentários, volto ao jogo 3 da final do NBB, que reuniu o que o basquete brasileiro tem hoje de melhor e pior: uma disputa emocionante na bola, e um espetáculo vergonhoso após a sirene final. Todo mundo poderia estar falando agora sobre a parte boa, mas ela foi engolida pela parte ruim, e não há como escapar disso. Muita gente errou, é difícil achar santos na história, mas estou convencido de que todos os acontecimentos lamentáveis têm uma origem clara, um pecado fundamental: a falha (recorrente) de organização que permitiu a invasão da quadra.



Tudo o que veio depois é consequência direta deste erro. Um erro que se repete com frequência no Nilson Nelson e em vários outros ginásios – me arrisco a dizer que só não aconteceu na HSBC Arena porque a torcida ainda não quis. Se não há barreiras físicas para conter o público, é preciso montar um esquema seguro, especialmente numa final com 16 mil cabeças nas arquibancadas: cordão de isolamento ao fim do jogo, policiamento reforçado etc.

A partir deste pecado fundamental, veio a sequência de lambanças. Errou feio o diretor do Universo, Jorge Bastos, ao incitar a torcida (e não digo isso só pelos comentários da caixinha, mas por depoimentos que ouvi de pessoas que estavam lá); erraram feio torcedores que tentaram – e conseguiram – agredir atletas e jogaram objetos na quadra; erraram feio jogadores como Dedé, que pega uma estrutura metálica e ameaça jogar na torcida, com mulheres e crianças em pânico à sua frente (foto abaixo); errou a polícia, que saiu distribuindo spray de pimenta a torto e a direito.



As imagens estão aí para a LNB analisar. As punições devem ser divulgadas após uma reunião na tarde desta terça. A perda do mando de quadra do Universo me parece uma medida óbvia –se fosse no futebol, seria automático. Que o jogo 5 (se houver) seja disputado em terreno neutro. Isso sem falar em multas pesadas e possíveis suspensões de jogadores.

Além disso, claro, é preciso reforçar a segurança para o jogo de quinta, na Arena. E fica uma sugestão do Roby Porto, numa conversa que tivemos hoje mais cedo: que os jogadores dos dois times se juntem (antes da partida ou em depoimento na TV) para passar uma mensagem de tranquilidade à torcida. Seria pedir muito?

))) Abaixo, alguns links. Concordo com uns, discordo de outros, mas toda informação é importante para a gente formar opinião:

))) Draft Brasil: um jogo para não esquecer
))) Território LNB: todos fomos agredidos
))) Juca Kfouri: barbaridade em Brasília
))) Bala na Cesta: LNB precisa tomar medidas enérgicas
))) Lance: Confusão deixa feridos
))) Seu Mora: culpa dos jogadores do Flamengo
))) Globoesporte.com: jogadores do Fla não se conformam
))) Correio Braziliense: câmeras mostram violência
))) Databasket: e agora, LNB? Vai fazer vista grossa?

12 comentários:

David disse...

Pelo que vi nas imagens, alguns jogadores do Flamengo; Wagner, Duda, Dedé, Bocardi, Jeferson e um armador( pela autura) que não consegui identificar são os mais culpados disso tudo.
Tudo bem que não deveria ter ninguém em quadra, mas isso é quase "tradição" no basquete.E torcedor dentro de quadra provocando não é desculpa para se iniciar uma briga e para bater em garotos.
Nas imagens, especialmente a do Correio Brasiliense, dá pra ver que quem começa é um jogador do Flamengo ( não dá pra identificar qual). Depois dá pra ver dois jogadores(Duda um deles) agredindo, pelas costas, o torcedor que ficou caido na quadra, o Dedé tentando usar uma grade como arma, o Bocardi perseguindo uma criança. O vídeo do Blog do Juca, mostra um armador parecia o Hélio, mas não tenho certeza) dando um soco pelas costas em um garoto. O ferimento do Wagner foi causado por um objeto arremesado depois que a briga havia estourado, no momento que o Dedé pega a tal grade.
Lamentável. Os jogadores envolvidos além de suspensões têm que ser afastados da seleção.
O Brasília tem que perder o mando de quadra e o tal diretor suspenso.

Anônimo disse...

É impresionante as cenas de total ignorância e falta de educação de todos envolvidos na confusão. Fui com meus filhos ao jogo para propiciar-lhes um momento de lazer e quem sabe incentivá-los a praticarem esse esporte que tanto gostamos. O que direi a eles? Como explicar o que houve? A "torcida" estava errada, o time do flamengo também, o diretor do Universo que usa o time para promoção pessoal, a falta de polícia, enfim, uma série de erros que maculam nossa cidade já por demais vista(com razão) como uma terra sem lei. Uma pena que os jogadores do Universo tenham sido penalizados pela ignorância dos outros. Estes sim desempenharam seu papel com honra, hombridade e sobretudo respeito a quem realmente compareceu ao ginásio para assistir ao espetáculo. Lastimável, trágico, selvagem, adjetivos que não classificam com propriedade o que aconteceu.

Perdigão disse...

Não vi a confusão, porque já estava de saída do ginásio. Mas posso falar que durante o jogo o clima entre as torcidas foi a melhor possível. Torcedores do universo no lado do flamengo e vice-versa. Pessoas com camisa do vasco, botafogo e não houve nenhum tumulto, isso vale para os jogos de sexta e domingo.
É tradição no basquete alguns torcedores/amigos entrarem em campo depois do jogo. Mas podia ter bom senso de abrir o portão somente após os jogadores do fla estivessem no vestiário. Concordo q tem q ter suspensões para os jogadores brigões e a suspensão do jogo final.

Anônimo disse...

sabe a verdade é que o flamengo não sabe perder , coloca a culpa da derrota nos juiz e quer tirar o titulo do brasilia na palhaçada .esse marcelinho é o maior pilantra (lembra o que ele fez em joinville) ele joga aqui no nacional . quando chega na seleção é uma bichinha não joga nada. e time de futebol no basquete só da nisso.

Anônimo disse...

Antes de a confusão começar, assistindo na TV, fiquei me perguntando: por que os jogadores do Flamengo não saem da quadra? Acabaram de perder um jogo pegadíssimo e ficam ali se lamentando. E não foram 2, 3 minutos. Foi muito tempo. Parece mesmo que estavam esperando alguma coisa acontecer. Algum dirigente do Flamengo deveria ter falado ao time para se retirar após o jogo. Não justifica, claro, qualquer provocação, se houve. Mas, com tanta rivalidade, o jogo acaba e vc fica ali expondo seus jogadores... Tem de haver direção, ou então parece mesmo estranho.

Anônimo disse...

É no mínimo estranha a atitude dos jogadores do Flamengo. Uma pergunta coerente foi essa a qual indagou o proquê dos jogadores do Flamengo ficarem na quadra após a derrota. Realmente o que parece é que tudo foi premeditado. Os torcedores têm culpa sim, mas os jogadores do Flamengo não podem deixar de ser punidos pelas cenas grotescas que prontagonizaram. Está registrado em vídeo. Será que a NBB vai fazer algo? Os mais punidos, por fim, foram os jogadores do Universo que não têm nada a ver com a confusão. Vale destacar que o comportamento das torcidas nas arquibancadas foi exemplar. Não presenciei nenhuma confusão. Inclusive com torcedores de ambos os times dividindo espaços civilizadamente como deve ser entre pessoas racionais e educadas.

Anônimo disse...

O mais legal do que eu li ai em cima é que:
Lugar de torcedor é na quadra e de jogador fugindo para o vestiário.

Amigos tenham dó, lugar de torcedor é na arquibancada.

Um erro que gerou uma serie de erros.

Abs

Alexandre Reis

Anônimo disse...

Estou a quilômetros de distância de ter qualquer tipo de simpatia pelo Flamengo, pelos Machado ou por qualquer coisa que seja preta e vermelha. Mas nesse caso, há apenas um fato que não há como ser contestado, e que é anterior a todos os outros: a quadra não poderia ser invadida pela torcida!! Todos os outros erros de todas as outras partes (jogadores do Flamengo, torcedores, polícia) foram gerados pela permissão de se invadir a quadra, principalmente depois de um jogo tenso como foi esse. A Liga tem que punir exemplarmente os responsáveis pela organização e pela segurança do jogo. Não adianta falar que os jogadores do Flamengo foram babacas (e foram mesmo), e nem dizer que foram eles que iniciaram a agressão. O que iniciou tudo foi a invasão. Adianta menos ainda dizer que é tradição a torcida entrar em quadra. Se é tradição, é uma tradição que tem que acabar!! Isso é de um amadorismo absurdo! Seria muito fácil prever o que poderia acontecer, e aconteceu! Um monte de imbecilidades, geradas por um descuido imperdoável!

julio1201 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Atencao dirigentes, organizadores, tecnicos e todos aqueles envolvidos na logistica do espetaculo: olhem para os jogos da NBA como exemplo de como o evento deve ser feito. Apos cada partida, TODOS OS ATLETAS, sem excessao de ser o time da casa ou visitante, correm em disparada para o vestiario. Niguem fica enrolando na quadra, "procurando" por confusao. Isso tem que vir de cima, da organizacao do evento e dos tecnicos. Jogo acabou, todo mundo DISPARA pro vestiario. Apenas deem uma olhada nas partidas da NBA.

Anônimo disse...

Também acho: por que os jogadores do Flamengo, com tanta rivalidade que já existe, não foram pro vestiário assim que acabou o jogo? E tudo começou não foram 2 ou 3 nem 5 minutos depois que o jogo acabou. Ninguém saía da quadra. Cadê os dirigentes pra por os jogadores no vestiário? É, no mínimo, estranho. Ou, no mínino, muita incimpetência.

Anônimo disse...

foi o time do flamengo que quis a confusão para prejudicar o brasilia com a perda do mando de quadra . ta na cara .