sábado, 15 de maio de 2010

DIRETO DA CAIXINHA - eZ


Entre os mais de 40 comentários do texto sobre LeBron James, quem deitou e rolou foi o eZ, frequentador antigo do blog, que redigiu praticamente uma tese de mestrado em capítulos sobre o tema. Os argumentos atacando o técnico Mike Brown arrancaram elogios até dos outros leitores. Não dá para reproduzir tudo, mas selecionei trechos. Quem não leu, que leia abaixo, vale a pena. A análise, é lógico, só confirma o alto nível que costuma imperar na caixinha.



Não vou aqui chamar o LeBron James de amarelão. Vendo o jogo 6, reforcei mais ainda minha opinião de que, para ganhar um título, é necessário ter um sistema de jogo. Quando ele esteve no banco, no segundo quarto, foi ridículo ver West e algumas vezes o Mo Williams fazendo as MESMAS jogadas que Lebron. As porcarias dos iso e depois tentando entrar no meio da fortíssima defesa dos Celtics no estilo vaca louca.

Não adianta. Jamais alguém vai ganhar um título sozinho. Ponto. E além de bons coadjuvantes é necessário um sistema de jogo onde cada um saiba exatamente o que fazer. Como um técnico tem um time com Shaq, Jamison, e deixa caras desse nível entrarem em quadra apenas para pegar rebarba do Lebron? Para tudo! Nós reclamamos muito dos técnicos aqui do Brasil, mas olha, eu consideraria a NBA em crise. Porque, tirando os Hall of Famers, realmente não sobra muita coisa.



Não é Lebron quem tem que aprender a jogar em um sistema. Para mim, ele é vítima. Um treinador tem que implantar um bom sistema, que maximize os poderes dele. James é rápido o bastante para correr com jogadores mais baixos e velozes, e é forte o suficiente para um matchup com rivais maiores. Nunca vi essa flexibilidade sendo usada a favor dele. Para mim, O`Neal ainda tem o melhor post game da liga, e jamais foi utilizado nos Cavs. A versatilidade de Jamison também jamais foi aproveitada.

Creio que, na mão de um bom técnico, com essas variações ocorrendo naturalmente, o Cleveland seria muito próximo de um time imbatível. Por isso eu acho injusto culpar LeBron ou dizer que ele afinou. Deixar tudo isso nas mãos do jogador é ridículo. O fato de ele conseguir levar esse time sem estratégia ofensiva nenhuma, com apenas uma defesa bem postada, mostra o quão fantástico ele é.

17 comentários:

Hennan disse...

Concordo plenamente com seu texto. É uma pena que poucas pessoas vejam isso.

Guto Sousa disse...

Abriu minha cabeça! Boa eZ!

João Pedro TONHÃO #23 disse...

Concerteza valeu um post.. Esse cara saca mtu de basquete.. Concordo plenamente com tudo oq ele comentou.. Pena q a diretoria do Cavs não viu isso antes da temporada, e agora acho quase impossivel o Cleveland manter o mesmo time trocando soh o técnico.. Ou seja, uma temporada com um timaço disperdiçada..
Creio q Lebron irá para o New York e Shaq tbm deve ir para outra franquia.. Cleveland JAMAIS será o mesmo..!'

Flávio Vieira disse...

sim o eZ detonou. mas continuo dizendo que o próprio Lebron, se fosse tudo isso que dizem dele, faria uma mudança em seu jogo dentro da quadra, a revelia do técnico. Grandes jogadores obedecem técnicos ruins. Monstros sagrados vencem apesar deles... ele poderia passar a bola pro Shaq, por exemplo...

FH disse...

Cara, nao da pra um jogador simplesmente mudar tudo em quadra. Simplesmente nao da, e o tecnico tem que ser resposavel por isso.
Mas vai ser overdose de Lebron agora, ate ele fechar o biquinho e dizer pra onde vai: pra mim, vai pra Chicago.
Agora esperar amanha e, nas transmissoes do SPACE, meter a tecla SAP, ja que eh absolutamente impossivel aguentar as transmissoes e comentarios daquele canal.

Anônimo disse...

Tese de mestrado. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Ri bagarai disso.

Mas não tem como discordar do Ez nesse ponto Rodrigo. O Time foi dois anos consecutivos a melhor campanha com o MVP. Sabe quando aconteceu algo parecido com isso recentemente? Com o Suns de Steve Nash. E o que mais em comum esses dois times possuem além de um MVP e de uma campanha maravilhosa em dois anos consecutivos? Tiveram seus times eliminados por dois times defensivos. Claro que o Suns de Steve Nash MVP tinha algumas limitações em termos de elenco, comparado com o Cavs dessas duas temporadas, mas era gritante no Suns que o Técnico era um safado, assim como o Mike Brown. E falo mais, se LeBron for pra Nova york com aquele técnico lá, corre sério risco de perder mais uma chance de ser campeão. Na minha opinião o Cavs tem um bom plantel, não acho que LeBron tem que sair, acho que ele devia ficar mas pedir um técnico novo. A não ser que ele vá para o Miami e junte-se a Wade, ou vá para o Bulls e o Chicago contrate o Wade ou Bosh. Mas ainda sim, precisará de um técnico.

Heverton Elias

C H L disse...

Nunca comentei nada nos blogs que acompanho, mas o que foi dito sobre Lebron nesse post na minha opnião está certissimo!

1º Técnico não faz uma jogada ofensiva.
2º Coadjuvantes não renderam nada.

Se observarmos os times que Kobe ganhou com o Lakers, sempre foram fortes, Quando Shaq saiu de LA, KOBE só voltou a ganhar o campeonato quando outro super jogador (GASOL) foi para LA.
O 2º jogador do cavs seria MO, mas ele não tem cabeça o suficiente para ser isso tudo o que dizem.

Ótimo trabalho no blog!

Jalber Rodrigues disse...

Bom penso o seguinte... Resumindo a tese do Ez acho que o bom e velho basquete e um jogo coletivo, mesmo dentro de uma liga que prioriza o 1 x 1. foi assim tb com Jordan... ele só ganhou depois que teve uma equipe!!! mesmo tendo um bom técnico!!
Basquete é um jogo coletivo!! e isso não vai mudar!!!
Sempre me criticam quando falo mal do Lebron, mas a intençao não é só detonar o cara, ele é sem duvida um dos maiores da liga, e jovem. Como Ez disse precisa de esquema bem elaborado, que faça com que o coletivo potencialize sua ações.
E continuo dizendo... Lebron será o melhor quando tiver o melhor time!!!

Arthur Malaspina disse...

Legal postar um cometário - ainda mais dessa qualidade - no blog! Bacana!

Concordo com quase tudo que o eZ falou, mas ainda acho que tirar toda a culpa de cima do LeBron, que tem uma boa parcela, só prejudica o desenvolvimento dele como atleta e pessoa... ele tem que superar isso se quiser alçar voos realmente altos!

Anônimo disse...

Claro que o Lebron tem culpa afinal nem tentar ganhar o jogo sozinho ele tentou. Jogou como se estivesse de saco cheio de estar ali. Ele devia ir pro Lakers assim o Kobe lhe dava o título do ano que vem de presente.
E se o técnico é fraco será que o Lebron não percebeu isto ainda? Acho que se ele pedir o Cleveland manda o cara embora na hora. E se ele não percebeu volta a ter sua parcela de culpa por não forçar a demissão do técnico. De repente ele gosta de dar show e não ganhar nada. LEmbro do Bill Russel falando do Wilt Chamberlain, ele se preocupou com recordes, eu me preocupei em ganhar títulos.
Bruno

Anônimo disse...

Pelo amor ...

Quando fizeram a melhor campanha 2 anos seguidos:

Os méritos foram todos do Lebron, todos!

e quando são dizimados do Playoffs?

A culpa é toda do Mike Brown!!

Tá bom

Anônimo disse...

Agora o temos o mais novo coitadinho na NBA, Lebron James que é treinado por um técnico incompetente e "safado"(???).

O cara tem a maior media de Tos da vida numa série, tem um time super competitivo -SUPER- com grandes jogadores ao seu lado ,ahh mais ele é o coitadinho treinado pelo técnico safado!

Valeu valeu

Anônimo disse...

Pergunta em L.A se alguem quer trocar Kobe por ele.

hauehhauheheaeheahe

Anônimo disse...

Caro Eodrigo não existe tese no mestrado, por isso, o colega riu, posto se tratar de uma obrigação apenas do doutorado. Quanto ao comentário de Ez concordo em partes. Primeiro, é claro que o bola sete (como a galera do ei chama ele) tem culpa e as jogadas do Cavs são exíguas, mas, acho que sua culpa maior foi na defesa. Rondo deitou, rolou e ainda sapateou. Até agora não entendo porque Lebron não marcou Rondo, mesmo quando Pierce esteve no banco, sempre carregado em faltas. Outra coisa, apontar Mike Brown como único culpado é covardia. Quer dizer que o Lebron ganha e os coadjuvantes e o técnico perdem? Fala sério. No jogo 5, aí o Cavs perdeu a série, Lebron fez a primeira cesta no final do terceiro quarto em uma bandeja livre, antes tinha errado nove arremessos e desperdiçado 4 bolas. E a culpa é do técnico. James não tem nada a ver com isso? Que ele é fantástico não há dúvidas, mas fez uma péssima sério com 4 jogos ruins (os 4 que os Cavs perderam), isso é inegável.Quanto aos coadjuvantes. Mo estava desenfreado em quadra, mesmo assim, foi um dos melhores dos Cvas no jogo 6. Parker só chuta de 3 e marca mal. Jamison já era visto como bichado, marca mal e em todas as fontes americanas o acusam de sumir nos playoffs, parece que eles não estão errados. Shaq não é mais o mesmo há muito tempo, e, sinceramente, não sei porque tantos comentários dizendo que ele não era explorado. Ora, alguém viu suas estatísticas na série? Ele acertou apenas 35% dos arremessos? Varejão também não foi bem, esteve apático no ataque. De positivo, sua melhora substancial nos lances livres, ponto a ser explorado em arremessos de ,édia distância. Enfim, Brown tem culpa assim como Lebron, seus múltiplos desperdícios e os coadjuvantes que sumiram quando o jogo pegou fogo.

Gustavo.

JRamone disse...

Bom texto, bons argumentos. E a diretoria faz o que agora, troca o comandante e procura um clone do Phil Jackson, cobrindo as ofertas do Knicks por James ou, deixa James escapar e o Cavs volta a ser o que era antes da chegada do All Star?

Realmente o time do Cavs parecia indeciso, desnorteado no jogo 6. A turma nao sabia o que fazer direito com a bola. O banco é uma piada. Continuo afirmando que Jamison não fez nada na liga, não acho ele grande coisa, arremessa demais!! Shaq, é um disperdício.

Ultimamente os últimos campeões tinham um grande ELENCO, como é exemplo o próprio Celtics, que tem tanta gente boa que é capaz de colocar Wallace no banco! O Cavs não tem isso.

Lembro que o Bulls de Jordan não tinha muita gente estrela não. Acho até que o próprio Pippen não era tuuuuuudo isso, ele era supervalorizado por estar no time do melhor do mundo e por ter Phil no banco. Veja nome por nome, quem era o Bulls?? Aí podemos ver o dedo do técnico.

Assim, podemos concordar com Ez, o técnico conta muito. Mesmo os gênios precisam de um bom técnico, para não ficarem dependendo de seu talento durante 48 minutos.

SUCESSO!!!!

Fé no Magic... vai ser difícil! Fó Fó!

Rafael B. disse...

Tem tanta gente pondo culpa "nesse", "naquele"(Lebron, Mike Brown, coadjuvantes) que se esquecem dos méritos do Boston, KG jogou muito, Rondo mais ainda, Allen e Pierce não jogaram muito mas decidiram nos momentos importantes. E quanto ao Lebron é claro que se fosse um jogador normal não seria certo por culpa nele, mas também lembrem-se que é o 2x MVP da temporada, melhor jogador da NBA, ele tem que levar culpa se amarela, um cara como ele tem que decidir ou ao menos tentar. Independente do técnico, coadjuvantes, a bola chegou nele e ele não decidiu e pior, não tentou. Ano passado contra o Magic ele foi um monstro e decidiu, mas o Orlando era um predador natural para o Cavs e o elenco de apoio não ajudou o Lebron, só que esse ano o Lebron realmente ficou abaixo das expectativas. Ele foi mal? Não até que jogou bem (fora os TO's)mas sendo o jogador que é as expectativas eram altíssimas e ele não correspondeu. Não estou dizendo que o Lebron não é decisivo, ele é sim, porém não quis, fugiu da responsabilidade. Deve ser problema extra-quadra, intoxicação alimentar, ou queria sair dos Cavs antes de começar a jogar já, não sei.
Para terminar Mike Brown foi ridiculo mesmo, com um elenco daquele conseguiu ser comido vivo pelo Doc Rivers, e salvo alguns momentos de Mo o resto do time do Cavs também não foi muito bem.

Anônimo disse...

rafael o lebron pegou é febre AMARELA