quinta-feira, 27 de maio de 2010

IH, TEMOS UMA SÉRIE?




Até outro dia era um 3-0 inapelável, com os Celtics voando e o Magic se arrastando em desânimo. A vitória do Orlando ontem, em casa, por 113-92, muda o cenário. Agora temos não só um 3-2, mas um Boston que pode perder um pacote de garrafão para o jogo 6. Kendrick Perkins acumulou sete faltas técnicas no playoff e, se a NBA não retirar uma delas, estará suspenso. Glen Davis levou uma trombada de Dwight Howard e foi diagnosticado com uma concussão na face. Rasheed Wallace deu um jeito nas costas. Imagine se nenhum deles puder jogar: quem vai cuidar de D-12 na sexta?



E imagine então o que vai acontecer se o Boston perder a sexta partida dentro de casa. Aí é pânico generalizado, com um jogo 7 em Orlando preparado para a história – seria primeira virada de 0-3 para 4-3 em todos os tempos. Após o terceiro duelo, escrevi que o Orlando estava liquidado. Agora não está mais, né. A situação só confirma o teor maluco deste mata-mata cheio de séries estranhas.

13 comentários:

BRENO disse...

QUEM ESTÁ ACOMPANHANDO A SÉRIE SABE O QUANTO OS JUÍZES ESTÁ SENDO CONDECENTEDENTES COM O JOGADOR MAIS SUJO E MALDOSO DA NBA:DWIGHT HOWARD. DESDE O 1° JOGO ELE DESCE O BRAÇO EM TODO MUNDO
ABSURDO!!!

Flávio Vieira disse...

bom, não estou vendo a série, mas posso dizer uma coisa: Boston tem que matar a série amanhã. Voltar pra Orlando empatado, pra mim é morte.
Já o meu Lakers tem que fazer o mesmo hoje. sendo que ele não mata a série vencendo, mas mantem-se vivo na mesma. Voltar pra Phoenix perdendo, é caixão e vela preta...

Anônimo disse...

Eu acredito que na sexta o Boston Celtics fecha o caixão do Orlando.

Heverton Elias

PauloRJ disse...

É Rodrigo, a pressão está toda agora do lado do Boston....se perder em casa provavelmente não vai ter forças para ganhar em Orlando....será que vamos ver a história sendo escrita??? Ninguém mais acreditava, mas não foi assim que eles chegaram na final ano passado? Sem ninguém acreditando neles contra o Boston e depois contra o Cleveland?

Anônimo disse...

Breno, acho que vc é meio mulherzinha....basquete é jogo de macho, embaixo do garrafão o P sempre comeu....se não aguenta vai jogar voley onde não existe contato...

Fiel disse...

A questao é a seguinte, D12 ta aprendendo cmo se deve jogar. Sempre apanhou pra cacete e ficava de mimimi com a juizada. Cara muito bonzinho, cheio do sorriso nao ganha respeito.
Tem que jogar forte mesmo, descer o braço, ainda mais na posição dele.
Mas a contusao do davis nao foi culpa do howard e pra mim o celtics fez um baita teatro ontem, sabendo que o jogo ja estava perdido.

Quanto ao jogo 6 tb acredito que o celtics fecha a série, infelizmente. Nao so pelo clima criado, mas pq o celtics é experiente, tem basquete e vai jogar o tudo ou nada.
Vou continuar torcendo demais pelo Magic, e se voltar pra orlando sera maravilha, mas a tensao ja esta no ar e o celtics segue favorito.

So mais um adendo: ano passado o magic quebrou dois tabus, virou pra cima do celtcs um 3x2 e ainda por cima impos a primeira derrota da franquia em um jogo 7 jogando em boston.
Esse ano ja quebramos mais um tabu, o celtics nunca tinha ido para um jogo 6 qdo abriu 3-0, e obviamente nunca foi para um jogo 7.
A virada bem dificil, como o Rodrigo falou, seria inedita em toda historia da LIGA !

GOOO MAGIC, ta complicadissimo ainda, mas enquanto existir chance o negocio é brigar !

Joao disse...

Eu acostumei a ver os jogos na tecla sap pq, alem de preferir, destinei o basquete a aprender ingles. Essa semana apos muito tempo assisti aos jogos em pt. No space e na espn e coclui o seguinte: desacostumei a ouvir tanta merda. Assim que puder, eu desenvolvo esse texto. ( continua...)

eZ disse...

todo pivo, para ser bom, deve ser no minimo, arrogante ... tem q descer o braco MESMO!!!

sujo eh o bruce bowen q colocava o pe embaixo torcer o pe do adversario ou as famosas pisadinhas nos tendoes ..

felipemartins1305 disse...

Eu tb não acredito que o D12 seja sujo. O Mutombo tb distribuia cotoveladas e ninguém chamava ele de sujo. Acontece quando vc é o único cara do time que pega rebotes e sempre tem 3 adversários em cima de vc.
As técinicas no Perkins forma péssimas, principalmente a segunda. A comissão discipinar da liga deveria retirar as duas e permitir que o Perkins jogue o jogo 6.
Concordo como pessoal aí em cima, acho que o Boston liquida a fatura no próximo jogo. Ontem o caras erraram demais, não dá pra jogar tão mal duas vezes seguidas, e dificilmente o Magic terá um aproveitamento excepcional de bolas de 3 como teve ontem de novo.

Anônimo disse...

Eu não sou fã do D-12, sempre achei como alguns ai que falta alguns fundamentos (técnica, arremesso e lance livre) para ele ser considerado acima da média.

Mas não há dúvidas que ele faz a diferença dentro do Garafão na NBA hoje.

O problema do Magic nos primeiros jogos estava sendo a pouca produção do pessoal do perímetro, só o JJ estava produzindo:

Agora J.Nelsom está muito bem e se Pietrus e Rashard Lewis voltarem ao normal nos lances de 3, a coisa pode se complicar para o Boston (ainda favorito) ainda mais se esses jogadores dos Celtics não jogarem.

Sobre a transmissão dos jogos, não sou de criticar narradores cada um tem seu estilo gostemos ou não, mas dessa vez vou concordar com o João acima.

O comentaris Agra da ESPN, demonstra claramente sua prefenrência por alguns times , no caso BOston e Lakers, e esquece de comentar o jogo em si.

Baseiam seus comentários em elementos anteriores e não constatam as mundanças que os times vem fazendo no seu jogo , esopecificamente no caso do Suns, por exemplo.

Ontem o D-12 era chamado de sujo com faltas com violência desnecessárias segundo o Agra,mas ele mesmo em jogadas semelhantes de jogadores mais exeprientes do Boston e do Lakers sai com frases tipo:

"seja apresentado aos playoffs"
"isso é jogo de Playoffs"
"Playoffs é físico"

Ou coisa parecida, não vejo ele comentar o quanto o Nash apanha em quadra (não que precise jogo é jogo)

Nada pessoal mas poxa não dá
pelo menos para se concentrar no que esta acontecendo no momento em quadra;

Pior que depois eles não assumem e admitem só ficam justificando..

Nese ponto eu gosto do Rodrigo mesmo quando ele erra ou da palpites ou coisa assim ele comenta na boa, acho legal isso

No caso do Space não dá para esperar muito, mas pelo menos eles nao demonstram preferências

Desculpem por tocar nesse tema

abraços

Sandro

Anônimo disse...

Space é sofrivel mas estou acostumando, é legal assistir NBA e saber que o comentarista e o narrador sabem menos que você, o pior é que quando entrevistam alguém eles tiram o som e aqueles que sabem ingles tem que se contentar com uma tradução sofrivel, além do fato que todo narrador que elogia sem parar mais o Derek Fisher e o Jordan Farmar que o Steve Nash é um coitado. Já a ESPN eu sempre gostei, o Agra é meio tendecioso (fã do Lakers), mas o Zé Boquinha é muito bom pra mim, tem ótimos comentários e analisa muito bem o jogo, só quando ele fica enrolando fica ruim. Quem já viu um abre jogo com o Zé Boquinha ele realmente mostra conhecer de basquete, além de ter um conhecimento fora de série da NBA. O Everaldo também é muito bom (bingo!). O único problema da ESPN é fica lendo demais aqueles comentários no jogo, toda hora tem que manda um abraço ou agradeçer alguém, e alguns lances espetaculares passam sem narração.

Mas é claro que é só usar a tecla SAP que a narração é muito melhor, Marv Albert, SVG, tudo isso parece fazer parte da alma da NBA, são mais que comentaristas e narradores.

PauloRJ disse...

Everaldo Marques é bom?

Leve a mal não anônimo, mas eu parei de assistir pela ESPN porque não aguentava a narração dele: Troca o nome de jogadores, troca a marcação da arbitragem, usa um inglês macarrônico....eu assinei o pacote da NBA que transmite em HD e nunca mais assisti pela ESPN....aliás para mim piorou muito depois que a ESPN Brasil tomou conta da transmissão da ESPN internacional aqui...

Igor disse...

KG foi suspenso por muito menos, Howard tá descendo o cotovelo nessa série e a árbitragem fecha o olho.

Sobre o Perkins, a NBA tirou as duas técnicas dele e ele vai pro jogo.