quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

OS RUMOS DO FLAMENGO




No fim da tarde de quarta-feira, fui à Gávea para ver um treino do Flamengo e saber um pouco mais sobre essa história de crise econômica, corte de 20% no orçamento, risco de dizimar modalidades olímpicas, e por aí vai. Na verdade, parece que o cenário pode não ser tão ruim. Basquete, ginástica e outros esportes sofrerão ajustes, mas a vice-presidente Patrícia Amorim me disse que a possibilidade de ver times extintos é quase nula. Mais que isso, ela se mostrou confiante na permanência de Baby, que treina no Rubro-Negro
há mais de um mês, mas até hoje ainda não assinou contrato.

O pivô não parece tão otimista. Ao contrário, está impaciente.
"Eu estava há 10 anos fora e sei que o Brasil é assim, mas tudo tem um limite. Já sei que o grupo está com salários atrasados, então o clube tem que ser profissional comigo: ou quer, ou não quer", afirmou Baby, que parece muito disposto a ficar, mas se nega a diminuir o salário proposto (seria a segunda redução desde o início da negociação) e espera ver tudo definido - seja para o bem ou para o mal - até o fim de semana. Será?



O presidente Márcio Braga volta ao clube nesta quinta e deve dar a palavra final. Na segunda, com Marcelinho, Duda, Hélio & Cia,
a delegação viaja para Sunchales, na Argentina, para disputar a fase de grupos da Liga das Américas. A sede seria Brasília, mas
o Universo não conseguiu arcar com os gastos - o patrocinador exigiu uma mudança de datas que a Fiba não permitiu. Ou seja, o mando de quadra caiu no colo dos hermanos. E só um dos quatro times se classifica para o Final Four. Boa sorte para os brasileiros.

18 comentários:

Anônimo disse...

é brincadeira o clube estar nessa crise e o presidente só aparecer no clube hoje, quinta-feira 8 de janeiro... mas isso é Flamengo, né

DDefilippo disse...

Continuamos na mesma. Clubes sem planejamentos. Quer apostar que vai ter time que não termina o Nacional. O basquet ena teoria é bonito mas na prática ainda continuamos na mesma. ainda somos Amadores, infelizmente.
Abs

Alfredo disse...

Rodrigo, o Baby está oficialmente fora da primeira fase da LA?

Abs,

Alfredo

Rodrigo Alves disse...

Não, Alfredo, ele disse que está inscrito. Se assinar o contrato, viaja com o time. Abraços.

leo aracaju disse...

O Flamengo está completamente abandonado por esse incompetente do Márcio Braga.

Esse cara é o pior presidente da história do Flamengo. É muito pior do que o Edmundo Silva (e olhem que isso não é pouca coisa).

Alfredo disse...

Eu tenho as minhas ressalvas com essa história de misturar política com clube de futebol, mas a verdade é que o esporte amador no Flamengo hoje sobrevive graças à Patricia Amorim.

Alfredo disse...

Mais uma notícia triste: depois de abrir mão do direito de sediar o Grupo C na Liga das Américas (e garantir uma grande vantagem sobre os rivais), o Flamengo abriu mão de disputar a Copa dos Campeões Sul-Americanos em novembro, que envolve os campeões de cada país (O Biguá, do Uruaguai é o atual campeão).

Clóvis Rafael disse...

Alfredo, o Flamengo não desistiu de sediar a Liga das Américas e sim o Universo/Brasília, ok????

Novembro está longe... E o mais importante é vencer o sul-americano e a LBB!!!!

Força Mengão!!!!

Rodrigo Alves disse...

Clóvis, o Alfredo está certo. A primeira opção de sede era o Rio, mas o Flamengo abriu mão por causa do alto custo. A sede então passou para Brasília e, agora, para Sunchales. Abraços.

Alfredo disse...

Oi Clóvis, é como o Rodrigo explicou aí em cima.

Brasília já era a segunda opção e me irritou mais ainda o fato de que DUAS equipes brasileiras não tiveram condições de sediar o Grupo C.

E eu acho que o Flamengo não pode desprezar qualquer competição internacional, ainda mais quando a conquista da vaga veio dentro da quadra.

Pagar os jogadores para não jogarem não faz muito sentido...

E Rodrigo, você tem noção do investimento necessário para sediar a Liga das Américas?

Rodrigo Alves disse...

Não sei os números, Alfredo, mas ao que parece, você é obrigado a bancar os outros três times do grupo. O que, para a pindaíba das nossas equipes, realmente é um custo muito alto. O que eu acho que é a Fiba Américas deveria entrar com um apoio financeiro neste sentido, cobrindo viagens e hospedagens. Mas este também é o reflexo de um campeonato que ainda busca seu rumo - a tabela é esticada, o nível técnico não é o ideal, e por aí vai.

Como só se classifica um em cada grupo, imagine a situação: o Flamengo, que está em grave crise com corte de 20% no orçamento, investe uma grana pesada para ser sede. Aí perde o primeiro jogo para o Brasília e, pronto, pode ser eliminado com uma apenas uma derrota, vai tudo por água abaixo.

Abraços!

Anônimo disse...

Tomara que o Baby consiga participar da Liga das Américas, aí o Flamengo vai ficar bem competitivo.

Bruno disse...

Acho que essa crise do Flamengo será contornada ,pelo menos para o basquete.Mas se o clube resolver cortar gastos no esporte amador, apesar de triste, como torcedor fanático que sou, vou entender.Afinal o Flamengo investe no esporte amador, de base e de alto rendimento fazem decadas, sem nenhum retorno financeiro ou, PASMEM, de mídia, que nunca fala que determinados atletas são ligados ao clube, mas falam diariamente que o Flamengo deve para o governo, para o jogador de futebol a, b ou c, etc.Então, por que continuar a investir em tudo?Mas o basquete TEM que continuar, por que tem alguma mídia, perspectiva de retorno financeiro futuro, além de termos um bom time.

Anônimo disse...

pessoal, vocês sabem uma coisa que o flamengo tem mais que os outros clubes ?



R: TEM MAIS É QUE SE F#@$?

Alfredo disse...

Rodrigo,

Essa questão do clube é realmente preocupante, mas até mais do que a FIBA Américas, caberia à CBB ajudar a financiar uma das sedes da Ligas das Américas no Brasil.

Afinal, é um torneio que vem ganhando importância no continente e, acho que não há dúvida, de que é interessante para o basquete brasileiro a realização de um torneio aqui com algumas das principais equipes do continente.

Ainda mais agora que a CBB está desvinculada da Liga, cabe à ela utilizar os seus recursos próprios (e não são poucos...Piva, Eletrobrás, etc) para fomentar o basquete por aqui.

Até mesmo o COB deveria olhar com carinho. É vergonhoso querer sediar Jogos Olímpicos e não ter verba para bancar hospedagem e passagem de 3 equipes Sul-Americanas para um torneio.

Clóvis Rafael disse...

Rodrigo, tudo bem?????? Vc sabe se o SPORTV vai passar esse torneio da Liga das Américas?????

Se passar, qual o horário da estréia do Mengão e que dia por favor??????

Um abraço!!!!

Rodrigo Alves disse...

Vai sim, Clóvis, já está anunciando a transmissão. O Flamengo estréia na quarta à noite, contra o Brasília. Abraços.

Clóvis Rafael disse...

Brigadão Rodrigo!!!!

Vamos lá Mengão!!!!