sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

PROMESSA REBAIXADA






Pela primeira vez na história, um jogador escolhido na segunda
posição do draft é mandado para a Liga de Desenvolvimento. A
façanha coube ao jovem Hasheem Thabeet. O pivô, selecionado
pelo Memphis Grizzlies, vai passar a jogar pelo Dakota Wizards.
A ideia inicial era usar o gigante como reserva de Marc Gasol,
mas a produção foi pífia – 2.5 pontos, 2.9 rebotes, 10.3 minutos.
Para o atleta, deve ser uma tremenda sensação de derrota. Mas
tomara que ele encare como oportunidade de desenvolvimento,
afinal é para isso que existe a D-League – o próprio nome diz.

13 comentários:

Anônimo disse...

nbb negocia exclusividade paraos uniformes,nike,adidas olimpikus estão na briga.

Pudão disse...

Agora...pior ainda é saber que depois dele..ainda tivemos o
TYREKE ROOKIE do ANO na quinta escolha

o CURRY na sétima e o

JENNINGS na Décima TERCEIRA.

Ai sim que é osso.

Anônimo disse...

Lembra o Baby

Anônimo disse...

Thabeet sempre foi um jogador muito cru pra NBA. Só jogava no college porque não tinha ninguém do seu tamanho, porém quando foi encarar os grandalhões da NBA não aguentou.

Anônimo disse...

bem lembrado......o Baby!!!!!

João Pedro TONHÃO #23 disse...

Era para ele ter aprendido mtu com o Marc, apesar de o Marc ser um poko novo sabe mtu dah posição.. Com a altura dele poderia ser um pivô de alto nível..!'

felipemartins1305 disse...

Cara, vários scouts avisaram que esse cara tinha um pusta potencial pra ser um bust. E foi. O único talento dele é ter 2,21m. Só isso não basta. Pra mim é o Grizz admitindo publicamente que fez uma senhora burrada no Draft. Com o segundo pick vc escolhe alguém que chega pra ser titular! E ele foi dratado an frente de muita gente boa que tá contribuindo pros seus respectivos times. Imagina se o Grizz tivesse draftado um pg de respeito(Curry por exemplo)... tava de titular do time agora.

jotapê disse...

Ai rodrigo, ótimo assunto..
mas voce vai fazer um post sobre a atuação do Kidd contra o hawks né?
que isso, ele destruiu tudo. acabou com o jogo.
prevejo nos videos da nba.com amanha "Jason Kidds does it all".

que reação absurda. nossa. isso pq torço pro atlanta.

eZ disse...

os caras n aprendem. O velho ditado.

"Na loteria, jamais pegue jogadores baseado nas necessidades. Pegue o melhor jogador disponivel, SEMPRE!"

Anderson Carmo disse...

A escassez de pivôs-pivôs dá nisso. As equipes estão ávidas por qualquer um que saiba correr e que tenha tamanho para potencialmente dominar garrafões. Acontece que NCAA é uma coisa, NBA é outra bem diferente.
Tomara que Thabeet aproveite a oportunidade de desenvolver seu jogo, senão entrará para o grupo das eternas promessas(Greg Oden) ou para o grupo das podres promessas (Kwame Brown).

joao disse...

chato de ver isso pq esse muleque realmente jogava no colegial.
mas é o que todo mundo já falou: NCAA é uma coisa, NBA é outra.

Espero que ele evolua.

Filipe Furtado disse...

Ele tem só 6 anos de basquete, é super cru, agora ele lidera NBA em tocos quando ajustado para 36 minutos, o que mostra que pode vir a ancorar uma defesa. Pivos projetos sempre parecem ruins quando rookies (tenho certeza que muito fã do Lakers questionou a organização por desperdiçar uma escolha de loteria no Bynum na época).

Este era um péssimo draft para Memphis ter a segunda escolha, tinha razões para eles dizerem não para todas as opções disponiveis. Deveriam ter conseguido uma troca.

Duda 11 disse...

Acho que a diretoria está fazendo errado! Deveria é trabalhar o cara dentro do próprio time, acompanhá-lo diariamente nos treinos, fora de quadra, enfim, intensificar o trabalho com ele! Mandando para uma liga secundária não vai ajudar tanto assim, talvez até vá desmotivá-lo!