sexta-feira, 26 de março de 2010

REVIRAVOLTA E DEFINIÇÕES




De fato, o mundo dá voltas. E no NBB, as voltas são rápidas. A rodada desta sexta-feira foi bem diferente da de domingo passado. A começar pelo Brasília, que guardou a crise na gaveta e deu uma espanada no Joinville, vencendo com autoridade dentro de casa por 106-81, graças a um ataque bem distribuído e a uma defesa mais sólida. O time de Lula Ferreira continua dependendo apenas de seus resultados para terminar a primeira fase na liderança. Mas pelo que aconteceu na sexta, a missão pode ficar mais tranquila.

O Flamengo, que vinha embaladíssimo, tombou em Bauru. Na prorrogação, perdeu por 108-105, apesar dos 50 pontos divididos igualmente entre os irmãos Machado. O time de Guerrinha, invicto em casa há nove rodadas, ganhou fácil nos rebotes (35-20) e contou com 24 pontos, 9 assistências e 7 rebotes do americano Larry (foto). No tempo extra, o Fla chegou a abrir cinco pontos, mas os donos da casa foram buscar a virada heroica.

Quem se deu bem na rodada foi Franca, mas não sem sofrimento. Em casa, a equipe de Hélio Rubens entrou no último quarto perdendo por 10 para o Paulistano, virou e fechou o placar em 88-85, com 30 pontos de Márcio Dornelles. O Minas, quarto colocado em pontos e dono do terceiro melhor aproveitamento, venceu mais uma – e com facilidade: 101-80 sobre o Londrina, com 20 pontos de Raulzinho (foto) e 14 assistências de Sucatzky.

Com as derrotas de Joinville e Pinheiros, os quatro times que avançam às quartas de final – e disputam o torneio interligas contra os argentinos – já estão garantidos: Franca, Brasília, Fla e Minas. Resta saber as posições entre eles.

Ainda sobre o NBB, uma curiosidade: o clássico do Espírito Santo teve apenas 3 desperdícios de bola – um do Cetaf e dois do Saldanha, que venceu com facilidade por 83-57. O detalhe é que o Cetaf não deu nenhuma assistência durante a partida, segundo o boxscore da LNB. Será que é isso mesmo?

7 comentários:

Anônimo disse...

O MINAS ESTÁ EM 3ºLUGAR E NÃO EM 4º

Rodrigo Alves disse...

Está em 3º pelo aproveitamento, em 4º no número de pontos. Abraços.

jotapê disse...

só pra ser chato, corrige o 'bosxcore' Rodrigo (boxscore) e depois apaga esse comentário. abraços!

João Pedro TONHÃO #23 disse...

Raúlzinho cestinha.. Esse muleke tem um futuro do kramba.. Fã d+ dele..
Agora Vila Velha passo vergonha em, q isso, tinha q ter ganhado esse jogo tranquilamente..!' =/

Rodrigo Alves disse...

Corrigido, jotapê, valeu. Abraço!

Bruno disse...

Esses playoffs da NBB, assim como o da NBA, tem tudo pra serem os melhores em anos, por que há um certo equilibro entre 4 ou 5 times,o que não corre faz tempo.

Acho o melhor elenco o de Brasília mas acho o time ofensivamente muito sujeito a apagões.

Por outro lado o Flamengo tem o ataque mais poderoso da liga mas a defesa oscila um pouco e a falta de um bom pivo ofensivo faz com que o time tenha perdido o lastro que tinha no ano passado.
Hoje o flamengo pra ganhar dos times top tem que jogar forte os 40 minutos por que não tem elenco pra abrir diferenças grandes como no ano passado.
Se jogar o que pode, aposto no tri do flamengo, mas não é nada difícil de outro time ser o campeão.
Franca e Minas são ótimos times, bem treinados e com bons elencos, mas não tem um jogador capaz de decidir jogos com freqüência, como é o Marcelinho no flamengo, ou Guilherme no Brasília.
São equipes equilibradas que poderiam ter um pouco mais de talento individual, e ai pode estar o ponto fraco.
Do resto, pra título não vejo ninguém, mas existem boas equipes, como Joinville, que podem dar trabalho.

Anônimo disse...

Ah, se o Professor tivesse treinado o Saldanha da Gama desde o início... E se três importantes jogadores tb não fossem demitidos...