segunda-feira, 29 de março de 2010

QUERO SER VICE




No topo do Oeste, o Los Angeles Lakers guarda um certo conforto em relação aos rivais, mas a briga pela segunda posição segue quente. A rigor, ainda podem chegar lá todos os outros sete times da zona de classificação para os playoffs – o oitavo colocado tem apenas três vitórias a menos que o segundo. Dito isso, vale ficar de olho em um jogo na noite desta segunda-feira, às 21h30, entre Dallas Mavericks (2º da conferência, 48-25) e Denver Nuggets (3º, 48-26). É bem verdade que os dois times andaram tropeçando mais que o normal em rodadas recentes, mas o confronto direto desta segunda promete pegar fogo.

O Dallas, que joga em casa, conta com a evolução de Shawn Marion no ataque, sem falar no garoto Roddy Beaubois, que meteu 40 pontos contra o Golden State. Mas o que dizer de Dirk Nowitzki? O alemão está há quatro partidas fazendo menos de 20 pontos. É muito pouco para a reta final da temporada regular, especialmente para quem está brigando por posições. Está aí, portanto, uma bela oportunidade de quebrar a sequência modesta.

O Denver encerra hoje uma sequência ingrata de cinco compromissos na estrada. Sem Kenyon Martin, o time anda sofrendo nos rebotes (contra o Toronto, por exemplo, perdeu essa disputa por 58-38). Carmelo Anthony tenta compensar no ataque com pelo menos 25 pontos nos últimos oito jogos – e uma cesta espetacular no estouro do cronômetro que garantiu justamente essa vitória sobre os Raptors. Arrisca algum palpite para o jogão de logo mais? Diga aí.

9 comentários:

João Pedro TONHÃO #23 disse...

Acho q vai dah Denver.. Nenê tah jogando d+..!'

Marcelo disse...

Let's go MAVS!

Anônimo disse...

Continuo na idéia do Post anteriore,
No domingo mais uma vez Denver não conseguiu estabelece o jogo de garrafão (embora tivesse D-12 do outro lado);

É uma questão para se pensar , Carmelo e Billups concentraram nesse jogo juntos 42 arremessos e apenas 19 convertidos , nos lances de 3 foi ainda pior 3 de 10;

Quase que toda vez que isso ocorre o time não consegue vencer;

Outro dia mesmo o Carmelo reclamou que não é só ele e Billups que tem que pontuar;
Mas tenho uma dúvida pois os caras que semptre tem a bola são justamente Billups e Carmelo, então por que não se estebelece o jogo no garrafão.
É decisão deles? ou não há jogadas preparadas?

Talvez a falta de Kenion MaArtin esteja deixando o Nenê muito preso na marcaçaõ mas , as vezes isso ocorre mesmo com Martin em quadra;

Ano passado contra os LAkers o time foi bem quando seus homens de garrafão foram bem, o que abre o jogo do perímetro.

É uma questão que só Denver pode responder.

No momento Dallas aparece melhor , mas em termos de potencial e talento Denver pode ganhar é só acertar esse detalhes afinal o time ganhou de todas concorentes direto esse ano mas tem perdido jogos para equipes piores.

Psicológico, esquema tático, treinamento??

Não sei

abraços

Sandro

José Rodrigo disse...

Rodrigo, esqueceu do Jazz ?

Duda 11 disse...

Acho que Dallas vence! Tem um melhor elenco, mais completo, e o Denver tá sentindo muito a falta do George Karl fora de quadra e do Martin dentro dela! Agora, em um eventual duelo nos playoffs, com os dois times completos, sou mais Nuggets!

raul disse...

Bem o Dallas e o Denver tem ótimos times é claro, mas estou acreditando muito no Jazz, o time vem se superando e jogando muito bem a maioria dos jogos, teve uma derrota para os Wizards que atrapalhou muito, mas o time esta embalado e junto com os Cavs tem a melhor campanha da NBA depois do all star game.
Mesmo com Kirolenco machucado ( acredito que deve voltar poucas rodadas antes dos Playoffs, coloco as minhas fichas no time do Sloan. Que acredito merece o Título de Técnico com ano!!

eZ disse...

Não esqueceu o jazz não .. eh q hoje com 50 pontos de galinari e 20/20 de t-douglas serão atropelados e vão se arrastar até os playoffs :)

Pipoca e cerveja, checked!

Mazza disse...

Rodrigo, viu a "resposta" do alemão à sua dúvida? 34-10-10, e vitória do Dallas. Bela atuação do alemão!

Chicareca disse...

Sempre deixam o Jazz de lado... Sempre... é a mesmice que domina o jornalismo. Me desculpe Rodrigo mas infelizmente este ano é do JAZZ!!!!