quinta-feira, 13 de novembro de 2008

NOTA TRISTE




Justamente quando os brasileiros começavam a ter alegrias na temporada da NBA, surge uma notícia daquelas que a gente jamais gostaria de dar. Leandrinho perdeu sua mãe nesta quinta-feira. Dona Ivete vinha enfrentando problemas de saúde, tanto que jogador chegou a deixar o Phoenix às pressas durante o período de treinamentos para vir ao Brasil. O ala-armador ainda
está nos Estados Unidos, tentando pegar um vôo o mais rápido possível para São Paulo. Força para ele e para toda a família.

Nos últimos anos, eu falei mais ao telefone com Dona Ivete do que com o filho. Boa praça e solícita, ela passava recados, dava informações e batia papos curtos, mas sempre agradáveis. Quem cobre basquete deve concordar. Vai fazer falta.

8 comentários:

Anônimo disse...

Sinto muito mesmo pelo Leandrinho e pela familia.
Conheci a Dona Ivete no Pre-Olimpico de Las Vegas, e dela guardo as mais doces lembrancas.

Pessoa super simples e atenciosa, a ponto de me perguntar onde poderia se sentar na tribuna sem que atrapalhasse ninguem para poder acompanhar os jogos do filho.

Uma pena mesmo.

Roby Porto

Anônimo disse...

Sinto muito mesmo pelo Leandrinho e pela familia.
Conheci a Dona Ivete no Pre-Olimpico de Las Vegas, e dela guardo as mais doces lembrancas.

Pessoa super simples e atenciosa, a ponto de me perguntar onde poderia se sentar na tribuna sem que atrapalhasse ninguem para poder acompanhar os jogos do filho.

Uma pena mesmo.

Roby Porto

Clóvis Rafael disse...

Tenho que dizer apenas, que o nosso Barbosinha, tem que ter fé, Dona Ivete apenas fez uma passagem para uma vida, com certeza, bem melhor que a terrena!!!!

Leandrinho, força e meus pêssames... Estaremos em oração com vc e pela alma de sua mãe!!!!

Um abração e força!!!!

eZ disse...

Minhas condolências e pêsames ao Leandro e toda a família Barbosa.

Jônathas Waldhelm disse...

Força véio.
Nós, e principalmente Deus, estamos com você.

Abraço.

Anônimo disse...

Que tristeza... E ainda tinha gente cobrando o Barbosa por causa dos jogos irregulares... Impossível jogar bem com a mãe mal no hospital...
Força Leandrinho...

Fabio_Fortal disse...

Uma pena realmente.
Força Leandro!

Ricardo disse...

Ah, que pena... Pelo que já assisti em documentários, a Dona Ivete foi uma excelente mãe, basta ver o filho que criou, um orgulho para o país. Que ela descanse em paz.